A deputada estadual Maria Mendonça (PP) lamentou, nesta sexta-feira (15), que os servidores estaduais sejam, mais uma vez, “penalizados pela falta de planejamento do Governo com as finanças do Estado”. Ao manifestar seu voto contrário ao Projeto de Lei nº 248/2017 que, na prática, autoriza o congelamento de investimentos pelos próximos dois anos, Maria demonstrou preocupação com “outras áreas essenciais que enfrentam dificuldades e podem ficar sem os recursos necessários para o custeio uma vez que as despesas serão limitadas”.

A deputada questionou o discurso de crise alardeado pelo Governo e apontou sua  incapacidade para adotar medidas capazes de, efetivamente, sanar as dificuldades financeiras. “Por que o Governo não reduziu a sua estrutura no que diz respeito ao número de Secretarias, de cargos comissionados?”, indagou Maria, ao ressaltar que, a seu ver, o Governo comprova a falta de “preocupação em buscar as condições necessárias para organizar as contas do Estado”.

A deputada chamou a atenção para a manutenção da política de desvalorização do funcionalismo, adotada pelo governador Jackson Barreto nos últimos quatro anos, por mais dois. “A atual gestão não concedeu nenhum tipo de reposição salarial aos trabalhadores e, mais uma vez, são eles que vão pagar essa conta, embora, sejam aqueles que fazem a máquina administrativa funcionar”, observou Maria Mendonça, acrescentando que a medida “compromete a dignidade dos servidores sergipanos e de suas famílias”.

 

Da Assessoria da Parlamentar