Por Wênia Bandeira

A deputada Goretti Reis (PSD) está realizando uma campanha para arrecadação de frascos para armazenamento de leite humano. Estes potes precisam ser de vidro com tampa de plástico para melhor conservação.

O leite humano guardado é encaminhado para alimentação de bebês prematuros ou que sua mãe tem dificuldade para amamentar. Desta forma, as crianças recebem, de forma natural, a prevenção contra diversos tipos de doenças.

“Eu quero pedir o apoio dos colegas que possam aderir a esse movimento para que a gente possa fazer as doações a esses bancos de leite e ter essas mães recebendo. Essas mães que são acompanhadas vão estar recebendo e também fazendo as doações, porque muitas delas tem produção excessiva e jogam fora”, falou a deputada.

Em Aracaju, as doações podem ser feitas ao Banco de Leite Humano Marly Sarney, localizado na rua Mato Grosso, 1401, bairro José Conrado de Araújo (antigo prédio da Maternidade Hildete Falcão Batista); além do posto de coleta na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes na Avenida Tancredo Neves, bairro América, e posto de coleta Dr. Fernando Guedes, no Hospital Santa Isabel, localizado na Avenida Simeão Sobral, bairro Santo Antônio.

No interior, os frascos de vidro com tampas plásticas devem ser entregues ao Banco de Leite Humano Zoéd Bittencourt, anexo à Maternidade São Zacarias Júnior, na rua Hipólito Santos, em Lagarto, e ao Banco de Leite Humano Irmã Rafaela Pepel, da Maternidade São José, localizado na rua Jackson de Figueiredo, em Itabaiana.

Desde 2015, o estado conta com a Lei 8072, que institui a Semana Estadual de Doação de Leite Humano, de 19 a 25 de maio. Mas Goretti Reis lembrou que não pode ser só nessa semana, que é preciso um acompanhamento contínuo.

Foto: Jadilson Simões