Por Stephanie Macêdo

A Assembleia Legislativa de Sergipe exibirá nesta quinta-feira, (30), às 18h, na TV Alese (Canal 5.2) a quarta e última Mesa Redonda da temporada de quatro programas das comemorações do Centenário de Paulo Freire com o tema:  ‘Educação, Comunicação e Práticas’. Nesse cenário de discussão em torno do pensamento pedagógico e reflexivo de Paulo Freire, a mesa terá por debatedores: O Prof. Dr. Ronaldo Linhares, da Universidade Tiradentes (UNIT) e a Professora Especialista Sandra Beiju, da Universidade Federal de Sergipe (UFS).

As Mesas Redondas estão sendo apresentadas pela jornalista Rosângela Dória e contam com debates e reflexões importantes sobre as contribuições de Freire nas áreas de Educação e Comunicação. Para os debates, foram convidados nomes importantes de pesquisadores e especialistas que se debruçam sobre a influência da obra do educador nas mais diversas áreas.

As homenagens a Paulo Freire pela Assembleia Legislativa de Sergipe se comunicam com a aprovação do Projeto de Lei Ordinária nº 245/2020, de autoria do deputado Iran Barbosa (PT), que deu origem a Lei Estadual de nº  8.779/2020 que institui o ano de 2021 como ‘Ano Cultural Educador Paulo Freire’. Para tanto, o Centenário do Educador Paulo Freire contará com uma série de atividades, como seminários, palestras, encontros, simpósios, debates e audiências públicas sobre a vida e a obra do educador.

Mesas Redondas 
Nesse contexto, como parte da programação, a Alese tem  realizado um amplo debate sobre as contribuições de Freire, em formato de  Mesas Redondas e Conferências.

A primeira mesa de discussão ocorreu no dia 9, e teve como temática: ‘Por que Paulo Freire Incomoda’. O evento contou com a participação, como debatedores, dos Professores Doutores da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Bernard Charlot , Sônia Meire e Marizete Lucini.

A segunda mesa aconteceu no dia 16, às 18h, e teve por temática: ‘As Contribuições da Pedagogia do Oprimido’. O Prof. Dr. José Paulino da Silva (UFS) , a Prof. Dra. Veleida Charlot ( UFS) e o Prof. Dr. Paulo Sérgio Marchelli (UFS) foram os debatedores.

A terceira mesa foi realizada no dia 23, e teve como tema de discussão: ‘A Pedagogia de Paulo Freire e o Debate Contemporâneo Sobre Currículo. As debatedoras do evento foram as Professoras Doutoras, Silvana Bretas ( UFS), Marilene Batista ( UFS) a e Prof. Dra Joelma Vilar (UFS).

E por fim, amanhã, dia 30, às 18h, ocorrerá a quarta e última Mesa de Discussão dessa temporada.

Toda a programação das comemorações do Centenário de Paulo Freire vem sendo transmitida pelo TV Alese, pelo canal da emissora no Youtube e também pelas redes sociais da Assembleia Legislativa. As informações sobre o centenário e ações realizadas podem ser acessadas através do HOTSITE do evento.

Biografia

Paulo Reglus Neves Freire nasceu no dia 19 de setembro de 1921, na cidade de Recife, Estado de Pernambuco, na época, uma das regiões mais pobres do país, onde logo cedo pôde experimentar as dificuldades de sobrevivência das classes populares. Graduado pela Faculdade de Direito de Recife (Pernambuco). Foi professor de Língua Portuguesa do Colégio Oswaldo Cruz  e diretor  do setor de Educação e Cultura do SESI de 1947-1954 e superintendente do órgão de 1954-1957. Ao lado de outros educadores e pessoas interessadas na educação escolarizada, fundou o Instituto Capibaribe.

Paulo Freire foi o mais célebre educador brasileiro, com atuação e reconhecimento internacionais e é conhecido principalmente pelas suas pesquisas, estudos e práticas pedagógicas, sobretudo no campo da alfabetização de adultos.

Foto: Joel Luiz