Ana Lúcia aciona Ministério Público para garantir início do ano letivo em escola de Propriá

Diante do caos vivido por estudantes do Colégio Estadual Joana de Freitas Barbosa (Polivalente), em Propriá, a deputada estadual Ana Lúcia solicitou ao Ministério Público Estadual que intervenha a fim de solucionar, de forma emergencial, a situação da escola, reconhecida como referência educacional da região do Baixo São Francisco.

O ano letivo da escola, que deveria ter iniciado no dia 02 de março de 2015, não começou e não tem previsão de começar para os estudantes do 6º. Ao 9º. ano do ensino fundamental, bem como os do 1º. e 2º. ano do ensino médio. Os alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental foram remanejados desde abril deste ano para o Seminário São Geraldo. Porém, pais e professores denunciam que o local é totalmente inapropriado para atividades escolares pelas condições insalubres que apresenta, além de não ter estrutura para atender a demanda dos estudantes.

Esta problemática acontece porque o colégio passa por uma interminável reforma desde setembro de 2013, que já deveria ter sido concluída há um ano, em julho de 2014. Além de deixar os adolescentes ociosos, a falta de aulas gera muita insegurança para os estudantes do ensino médio, que estão bastante preocupados com o ENEM.

Diante desta grave situação, a presidente da Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputada estadual Ana Lúcia, encaminhou, nesta segunda-feira,13, um ofício para o promotor de Justiça Nilzir Soares Vieira Júnior, da Comarca de Propriá. No documento, Ana Lúcia solicita formalmente que o Ministério Público intervenha junto ao poder púbico Estadual no sentido de garantir a celeridade na conclusão das obras da escola, a fim de que os estudantes possam retornar às atividades escolares, garantindo assim a conclusão do ano letivo com o mínimo de prejuízo para os alunos da escola.

Por Ascom parlamentar Ana Lúcia (Débora Melo)

 

Outras notícias para você