Por Kelly Monique Oliveira

Após a Sessão Extraordinária Mista na manhã desta quarta-feira, 25, onde o presidente da  Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Luciano Bispo, em nome de todos os deputados estaduais, lamentou a morte do ex-governador do Estado de Sergipe, João Alves Filho, a TV Alese iniciou transmissão AO VIVO em homenagem ao político sergipano, que faleceu na noite de ontem, 24, aos 79 anos.

Durante a transmissão, o primeiro a prestar homenagem foi o presidente da Casa Legislativa, Luciano Bispo, destacando que na próxima semana o Projeto de Resolução que reestabelece  a denominação do Palácio Governador João Alves Filho à sede da Assembleia Legislativa será votado.

Além disso, enfatizou que o povo sergipano se despede de um político brilhante. “Os sergipanos estão de luto e todos os deputados tiveram participação no voto de pesar deste grande sergipano e político. João Alves foi um homem sem grandes ambições financeiras e que tinha, acima de tudo, amor por Sergipe. O desenvolvimento do Estado tem a mão de João Alves Filho”, afirmou o deputado.

Luciano Bispo acrescentou que, por muitos anos, andou ao lado do ícone da política sergipana. “Tivemos alguns momentos em palanques diferentes, mas mantivemos a amizade e o respeito. Quero dizer que lamentamos a morte de João, que teve um final de vida difícil. Temos que aceitar e pedir a Deus consolo para sua família que sempre estiveram ao lado de um grande homem, amigo, pai, esposo e um político que marcou épocas históricas de Sergipe”, finalizou.

Outro que também prestou homenagem foi o advogado Manoel Cacho, ex-secretário de Justiça no Governo João Alves, que fez um breve relato sobre a história de João Alves. “Trabalhar com esse grande homem público foi uma honra. João Alves marcou bastante nossa vida e a história do povo de Sergipe”, frisou.

Por sua vez, Venâncio Fonseca, diretor Institucional da Alese e ex-deputado estadual, líder de governo João Alves Filho, falou que ele foi um grande homem público, ser humano extraordinário e com grandes serviços prestados ao Estado de Sergipe. “Para mim ele é o Pelé da política sergipana devido a todo trabalho que João Alves realizou. Se fizermos um levantamento de todo saneamento de Aracaju foi João Alves quem fez na época em que esteve como prefeito, governador e ministro do Interior. Então, ele foi um administrador nato, com amor a Sergipe, um ser humano que abdicou de seu projeto empresarial para cuidar do povo sergipano. Além disso, um conhecedor profundo de um estudo hídrico do estado e do Nordeste. Tudo que ele falou sobre o Rio São Francisco estamos vendo acontecer”, colocou

O conselheiro aposentado do Tribunal de Contas (TCE/SE), Reinado Moura, lembrou que semana passado Sergipe tinha amanhecido triste com a notícia do agravamento da saúde de João Alves, hoje, ainda mais triste por ter perdido uma das maiores liderança política. “Tive a honra de iniciar minha carreira política com João Alves, que foi o responsável pela mudança de Sergipe, de colocar  o estado no mapa turístico e político do Brasil. Perdi um amigo e um líder porque quando conversávamos João sempre dizia que na política tinha que aprender a ser líder ou um bom liderado. Os pontos positivos que consegui na minha vida pública devo muito aos conselhos de João Alves”, enfatizou.

No decorrer da transmissão, o subsecretario Geral da Mesa Diretora da Alese, Igor Albuquerque,  a deputada estadual Goretti Reis, o ex-deputado federal Mendonça Prado, o presidente do DEM/SE, José Carlos Machado, o diretor de Comunicação da Alese, Irineu Fontes, entre outros, também prestaram suas homenagens.

Foto: Divulgação/destaquenotícias.com.br