O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã dessa quinta-feira (21), para externar sua preocupação com o futuro dos servidores da Fundação Hospitalar de Saúde (FHS). O parlamentar disse que o governo do Estado não garante nenhuma segurança para os trabalhadores que temem perder seus empregos a partir de março de 2019, quando a FHS deve ser extinta.

“Quem assume a tribuna hoje é um deputado profundamente preocupado com a situação dos empregados da Fundação Hospitalar de Saúde. Aliás, preocupado eu já estava e ontem entrevistei o governador Belivaldo Chagas (PSD) na televisão e não foi passada nenhuma garantia sobre o futuro desses servidores a partir de março de 2019, se eles continuarão com seus empregos”, externou o deputado.

Em seguida, Gilmar Carvalho lembrou que, em Março desse ano, o então governador Jackson Barreto (MDB) garantiu publicamente que tinha uma solução para este impasse. “Aliás, as garantias de JB são uma tragédia! Ele disse que não sairia do governo sem mandar para a Assembleia um projeto que já estava na Procuradoria, que já tinha uma saída jurídica, em fase de redação já para ser enviado à Alese”.

“Não veio coisa alguma! Aliás, JB também garantiu e assinou o documento que viria a ‘lobinha’ para o pessoal do Corpo de Bombeiros e até agora nada! Daqui a pouco amanhã é sexta-feira e JB vai mudar o calendário, garantindo que é sábado!”, ironizou.

Por fim, Gilmar Carvalho disse que apresentou um projeto com uma solução jurídica para a situação dos servidores da FHS. “Eu apresentei uma solução clara para o problema e fui chamado de terrorista, mas terrorista é o governo que promete e não cumpre”.

 

Por Rede Alese

 

Foto: Jadílson Simões