Sessão Especial: Alese celebra os 60 anos da Psicologia

Publicada: 26/08/2022 às 9:27

Por Shis Vitória/Agência de Notícias Alese

A mesa foi composta por autoridades e representantes da área

Na tarde desta quinta-feira, 25, a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) realizou uma Sessão Especial em comemoração aos ‘60 anos da Regulamentação da Psicologia no Brasil’, baseada Lei Nº 4.119. Outorgas das Medalhas da Ordem do Mérito Parlamentar, entrega de Diplomas de Honra ao Mérito e homenagens com placas comemorativas dedicadas para psicólogos sergipanos e autoridades fizeram parte do ato solene ocorrido no plenário ‘Deputado Pedro Barreto de Andrade’, sede do Poder Legislativo.

O evento contou com a participação da presidente do Conselho Federal de Psicologia (CFP), Ana Sandra Fernandes, o presidente do Conselho Regional de Psicologia da 19ª Região- Sergipe, Naldson Melo Santos, representantes dos Conselhos, ex-presidentes da autarquia, profissionais e estudantes da área.

A primeira presidente do CRP/SE, Edelvaisse Mendonça Ferreira, teve destaque na série de homenagens

“Em nome da Casa Legislativa presto as saudações do parlamento sergipano, junto com o reconhecimento de todos aqueles que entendem a importância do trabalho que os psicólogos desenvolvem em diversos setores e consolidado ao longa da história”, destacou o deputado Iran Barbosa responsável por presidir a solenidade e autor da iniciativa.

A convidada especial e presidente do Conselho Federal de Psicologia, Ana Sandra Fernandes

De acordo com a presidente do Conselho Federal de Psicologia, Ana Sandra Fernandes, a profissão teve um crescimento considerável ao longo de décadas. “Temos uma profissão que só foi regulamentada em 1962, portanto só tem 60 anos, mas trata-se de uma área que teve um crescimento muito importante e em seis décadas são 429 mil profissionais espalhados pelo Brasil. É uma profissão que a sociedade reconhece e que pode contribuir de forma positiva, propositiva e que promove saúde. Acredito que esse é o grande legado da psicologia brasileira que está nos mais diversos campos de atuação seja na Saúde, Assistência social, Segurança Pública, Política de Educação, Justiça e tantos outros”, afirmou.

O presidente do Conselho Regional de Psicologia Sergipe, Naldson Melo Santos

A atuação em Sergipe e os desafios da categoria foram lembrados pelo presidente do CRP/SE, Naldson Melo Santos. “É um momento salutar por celebrar os 60 anos da regulamentação e mesmo com 12 anos de existência, o CRP/SE é considerado um Conselho jovem. Entretanto, já demonstrou, em diversas participações sua importância para sociedade sergipana e influência nos Conselhos e em outros Estados. A categoria segue com lutas significativas na defesa da sociedade como a antimanicomial, o pleito sobre a legislação federal que indica a inserção de psicólogos e assistentes sociais na Educação Básica, o cumprimento das 30 horas efetivadas e regularizada pelo âmbito nacional”, explicou.

Demonstrando muita satisfação, a primeira presidente do Conselho Regional de Psicologia de Sergipe, Edelvaisse Mendonça Ferreira, marcou presença e agradeceu o reconhecimento. “Foi uma grata surpresa e estou muito feliz por receber a honraria máxima da Casa Legislativa que considero a casa de todos nós. Celebrar os 60 anos da Psicologia no Brasil, os 12 anos da atividade em Sergipe e ter contribuído na fundação do Conselho Regional, sendo ainda a primeira mulher presidente representa a culminância de todos os anos dedicados à psicologia”, frisou.

O ato solene contou com uma apresentação musical

Uma declamação do poema ‘Ciranda’ executada pelo psicólogo e poeta Frederico Dantas Vieira e uma apresentação musical comandada pela psicóloga e poetisa Maria Cristina Cavalcante de Carvalho junto com o músico Ítalo Neno também foram promovidas na ocasião festiva.

Mesa de Autoridades

A mesa foi composta pelo deputado Iran Barbosa, a vereadora e representante da Câmara de Vereadores de Aracaju, Linda Brasil, a presidente do Conselho Federal de Psicologia, Ana Sandra Fernandes, a diretora do Centro Médico do Tribunal de Justiça, Luciana Nobre (representando o presidente do Tribunal de Justiça – Desembargador Edson Ulisses de Melo), o presidente do Conselho Regional de Psicologia Sergipe, Naldson Melo Santos, a psicóloga Edelvaisse Mendonça Ferreira e a psicóloga, ativista dos Direitos Humanos e representante da Psicologia Preta em Sergipe, Eleonora Vacarezza.

Fotos: Joel Luiz

 

Outras notícias para você