Por Stephanie Macêdo

Será exibido nesta terça-feira (21), às 18h, pela TV Alese (canal 5.2), o segundo episódio da série documental Paulo Freire – Um homem no mundo, produzida pela TV Sesc.  O episódio, intitulado ‘As 40 horas de Angicosconta a experiência de alfabetização realizada no sertão do Rio Grande do Norte. Nesse conteúdo há depoimentos de ex-alunos, professores e do próprio Freire.

A apresentação da série faz parte da programação do Centenário Paulo Freire, evento realizado pela Assembleia Legislativa de Sergipe por meio da Lei Estadual de nº 8.779/2020, de autoria do deputado Iran Barbosa (PT), que institui 2021 como o ‘Ano Cultural Educador Paulo Freire’.

Novos episódios

 A produção conta com cinco episódios que narram a trajetória e influência do educador brasileiro que se tornou referência mundial na Educação. A cada terça-feira um novo episódio será exibido pelo canal 5.2 da TV Alese, os próximos episódios serão: O exílio’; Do Pátio do Colégio à Pedagogia do Oprimido’ e  O mundo não é. Está sendo’.

O Centenário

As homenagens a Paulo Freire pela Assembleia Legislativa de Sergipe se comunicam com a aprovação do Projeto de Lei Ordinária nº 245/2020, de autoria do deputado Iran Barbosa (PT)  que deu origem à Lei Estadual de nº  8.779/2020 que institui o ano de 2021 como ‘Ano Cultural Educador Paulo Freire’. Para tanto, o Centenário do Educador Paulo Freire contará com uma série de atividades, como seminários, palestras, encontros, simpósios, debates e audiências públicas sobre a vida e a obra do educador.

Para acessar toda a programação do Centenário de Paulo Freire basta acessar o HOTSITE, criado para dispor todo o conteúdo desenvolvido para o evento, a exemplo de vídeo de debates, obras do autor, entre outros.

Biografia

Paulo Reglus Neves Freire nasceu no dia 19 de setembro de 1921, na cidade de Recife, Estado de Pernambuco, na época, uma das regiões mais pobres do país, onde logo cedo pôde experimentar as dificuldades de sobrevivência das classes populares. Graduado pela Faculdade de Direito de Recife (Pernambuco). Foi professor de Língua Portuguesa do Colégio Oswaldo Cruz  e diretor  do setor de Educação e Cultura do SESI de 1947-1954 e superintendente do órgão de 1954-1957. Ao lado de outros educadores e pessoas interessadas na educação escolarizada, fundou o Instituto Capibaribe.

Paulo Freire foi o mais célebre educador brasileiro, com atuação e reconhecimento internacionais e é conhecido principalmente pelas suas pesquisas, estudos e práticas pedagógicas, sobretudo no campo da alfabetização de adultos.

Foto: FNPE