Por Wênia Bandeira

A Santa Dulce dos Pobres receberá – in memorian -, nesta terça-feira, 16, o Título de Cidadania Sergipana. Será entregue também a Medalha do Mérito Parlamentar à Entidade Obras Sociais Irmã Dulce (OSID).

O evento será realizado às 15 horas na Assembleia Legislativa de Sergipe. O presidente da Alese, deputado Luciano Bispo, convidou a todos para participar da solenidade de homenagem à Santa, que contará com a presença da irmã da homenageada, Ana Maria Lopes Pontes.

Na ocasião, será ainda lançado o livro ‘Caminhos da Santa Dulce dos Pobre em versos’, do escritor Ancelmo da Rocha. A Santa tem uma bela história registrada em terras sergipanas, desde o início de sua vida religiosa até milagre realizado.

Irmã Dulce foi uma freira brasileira, nascida em Salvador. Ela foi canonizada em 13 de outubro de 2019 pelo papa Francisco com o título de Santa Dulce dos Pobres, sendo a primeira santa nascida no Brasil.

Em 8 de fevereiro de 1933, após se formar professora primária, entrou para a Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, na cidade de São Cristóvão, em Sergipe. Seu primeiro milagre reconhecido foi a intercessão na recuperação de uma mulher sergipana, que havia sido desenganada pelos médicos após sofrer uma hemorragia durante o parto.

Foto: Divulgação