Ricardo Luiz Cavalcanti de Albuquerque Júnior recebe Título de Cidadão Sergipano

Publicada: 07/07/2022 às 18:25

7/7/2022

Por Stephanie Macêdo /Agência Alese

Por relevantes serviços prestados aos Estado de Sergipe, a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) concedeu, ao final de tarde desta quinta-feira, 7 de julho, ao professor doutor, Ricardo Luiz Cavalcanti de Albuquerque Júnior,  o Título de Cidadão Sergipano. A solenidade festiva ocorreu no Plenário do Poder.

Natural de Rio Grande do Norte, Natal, o odontólogo há exatos 22 anos fez da capital sergipana o local de sua vida pessoal e exercício da profissão. Nascido em 09 de dezembro de 1972, o homenageado é filho de Ricardo Luiz Cavalcanti de Albuquerque (in memorian) e de Riva Medeiros Cavalcanti, dentista e odontopediatra por devoção. Família formada por três filhos.

Ricardo Cavalcanti revela que a sua mãe foi a musa inspiradora de toda a carreira dele, quando graduado em Odontologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em fevereiro de 1990. No ano de 1996 fez  o curso de Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Patologia Oral da UFRN,  quando assumiu a Patologia Oral e Maxilofacial como a especialidade da odontologia. Em 1998 defendeu a dissertação do Curso de  Doutorado, se formando em março do ano 2002.

Ricardo Luiz Cavalcanti se emociona, emociona e é louvado pelos amigos, alunos e colegas de trabalho.

Ainda no ano de 1996 assumiu também sua segunda grande paixão: a docência em nível superior, à época com apenas 24 anos. Em Natal, no Rio Grande do Norte, foi professor substituto de Imunologia, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, e professor de Patologia Oral e Maxilofacial, Patologia Geral e Imunologia na Universidade Potiguar (UnP).  

A vinda para Sergipe

Segundo contou o homenageado, em julho do ano 2000, quando cursava o doutorado em Patologia Oral e Maxilofacial da UFRN,  conheceu um grupo de sergipanos que estava fazendo o mestrado Interinstitucional, entre a Universidade Federal de Sergipe e Rio Grande do Norte( UFS/UFRN) em Patologia Oral. Nesse cenário, conheceu o professor  José Carlos Pereira, cirurgião bucomaxilofacial, e coordenador do Curso de Odontologia da Universidade Tiradentes (Unit/SE), que o convidou para assumir o cargo de professor na UNIT.

Clauberto Rodrigues de Oliveira, companheiro do homenageado ressalta que honraria faz jus ao trabalho desempenhado pelo professor Ricardo.

“Nesse período, pedi demissão de meus empregos, conversei com familiares, e me preparei para a nova vida. Desci no aeroporto de Aracaju, primeira vez no estado de Sergipe, na primeira semana de agosto de 2000, com uma grande e indelével certeza no coração: Sergipe seria meu lar a partir de então. Me sinto a pessoa mais privilegiada deste mundo por receber na data de hoje esse Título”, revelou doutor Ricardo.

O professor  Ricardo também é docente no Campus da Universidade Federal no município de Simão Dias, ele é reconhecido pelos munícipes como um dos dos interlocutores responsáveis pela para abertura da instituição na cidade, situada na região Sul de Sergipe.

O professor acadêmico, Clauberto Rodrigues de Oliveira, amigo do homenageado, destacou que a honraria concedida pela Casa Legislativa faz jus ao trabalho desenvolvido pelo professor doutor.

“Esse título vem por todo trabalho realizado por doutor Ricardo no cenário da Odontologia em Sergipe. Cerca de 3 mil alunos, em média, foram formados por ele. Então, tenho certeza que ele contribuiu muito, tanto na Graduação quanto na Pòs-Graduação, nos Mestrados de Saúde Ambiente e Biotecnologia”, externou.

 Juliana Cardoso, amiga do homenageado.

A amiga do homenageado, Juliana Cardoso destaca que reconhecimento se dá por duas décadas de atuação em Sergipe. “Ricardo teve uma entrega muito grande para o Estado de Sergipe, formando muitos alunos na Odontologia na Universidade Tiradentes. A contribuição foi imensa e é muito legal ver o amigo reconhecido, nós trabalhamos juntos aqui em Sergipe há 22 anos”, salientou.

 

 

 

Fotos: Joel Luiz- Agência Alese

Outras notícias para você