Reuniões em órgãos do Estado: Deputado Talysson fala sobre o abastecimento de água no agreste e sobre geração de emprego

Publicada: 18/02/2022 às 16:32

18/2/2022

Por Assessoria Parlamentar

Na manhã da última sexta-feira, 18, o Deputado Estadual Talysson de Valmir participou de duas reuniões com órgãos do Governo do Estado em Aracaju. Acompanhado dos prefeitos Rogério Sobral, de Ribeirópolis, e Dr.Charles, de Pinhão, além de vereadores e secretários municipais, Talysson conversou com o Diretor Presidente da Codise, José Matos, e com o Diretor Presidente da Deso, Carlos Melo.

A primeira reunião, na Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (CODISE), o Deputado tratou, ao lado do Prefeito Rogério Sobral e do seu Secretário de Obras, Fagner Barbosa, das condições que o Estado pode oferecer para que uma nova fábrica seja instalada em Ribeirópolis. A nova indústria ocupará um antigo galpão que já foi utilizado pela Empresa Azaleia, que gerava aproximadamente 500 vagas de emprego na cidade e região.

“Será uma verdadeira vitória caso a empresa se instale de fato em Ribeirópolis, pois a geração de empregos e renda movimentará o comércio em toda a região agreste. Os empresários ficaram animados com as possibilidades e a estrutura do local. Aguardamos apenas que o Estado ofereça o suporte necessário para a instalação”, declara Talysson.

A segunda reunião da manhã aconteceu na sede da Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO). O Deputado esteve acompanhado dos Prefeitos Rogério Sobral (Ribeirópolis) e Dr.Charles (Pinhão), além de vereadores e secretários municipais. O assunto foi a constante falta de água nas cidades do agreste e, de forma especial, Itabaiana, Ribeirópolis, Malhador e Pinhão, este já enfrenta problemas a mais de 3 meses. O Diretor Presidente da Deso, Carlos Melo, informou que caixas d’água serão disponibilizadas de forma paliativa até a correção dos erros que têm prejudicado o abastecimento de água na região.

“Pinhão, além de todos os outros municípios, é o que mais tem sofrido com a falta de água. Afinal, já são mais de três meses sem água, isso é um absurdo e precisa urgentemente de explicação e conserto. Quero agradecer a Carlos Melo e a sua equipe pela atenção e por estar empenhado em resolver os problemas. Continuarei cobrando até que a situação esteja resolvida”, dispara o parlamentar.

Outras notícias para você