Por Assessoria do Parlamentar

Na manhã de hoje (18), os professores Marcus Vinicius e Cleverton, docentes do Colégio Maria Rosa de Oliveira, em Tobias Barreto, reuniram-se com o Deputado Estadual Dilson de Agripino para tratar sobre a proposta da Secretaria de Estado da Educação de tornar o Colégio Maria Rosa um colégio de ensino integral.

Segundo os professores, que entregaram ao Deputado um Ofício e um abaixo-assinado com mais de duas mil assinaturas da comunidade contrárias à implantação da modalidade de ensino, a forma com a qual a SEDUC apresentou a proposta não é a melhor para o desenvolvimento educacional da instituição.

“Os dirigentes da educação do Estado estiveram no Colégio e apresentaram dados que não retratam a realidade que o Colégio vive hoje, como déficit de matrículas, desempenho educacional e outros. Nós apresentamos um relatório, que estamos entregando ao Deputado, mostrando todos os contrapontos a proposta de implantação do ensino neste ano. E mais, mostramos que para que a implantação seja feita, primeiro é necessário que o Governo faça as alterações, investimentos e melhorias necessárias para comportar um sistema integral de ensino, como refeitório, banheiros com duchas para banho, equipamentos para salas e infraestrutura geral da unidade de ensino. O projeto de ensino integral é bom, mas não para a realidade que o Colégio vive hoje.”, ressaltou o professor Marcus Vinícius.

“A proposta deve ser apresentada à comunidade escolar e ser debatida com pais de alunos do nono ano do ensino fundamental, para que o estado mostre como o filho será acolhido e tratado no ensino integral, pois as escolas da rede estadual, em especial o Maria Rosa, não possuem uma infraestrutura adequada para implementar essa modalidade de imediato. Os pais precisam ter a certeza de que seus filhos estejam em um ambiente que atenda às necessidades de seus filhos no que diz respeito ao ambiente, alimentação de qualidade, conforto e garantia de um ensino de qualidade, igual ou melhor ao que o Maria Rosa entrega à sociedade tobiense durante todos esses anos atuando no ensino médio”, completou o professor Cleverton.

Para o Deputado Dilson de Agripino, Ensino Integral é um avanço e deve ser instalado nas escolas sergipanas. Mas é preciso dialogar, entender a população e fazer um trabalho planejado, em comunhão com os professores, alunos e sociedade.

“Eu entendo a proposta do governo em instalar o Ensino Integral como um avanço para a Educação, isso é um fato inquestionável. Porém, é preciso apresentar cases de sucesso e adaptar os colégios, professores e alunos para tal mudança, e isso se dá com tempo, conscientização e, principalmente, investimentos necessários para a execução. Nós vamos conversar com o Governo do Estado já nessa semana e vamos apresentar o Ofício e o abaixo assinado que os professores e alunos coletaram. Vamos dialogar e apresentar uma solução urgente para essa situação, afinal, segunda feira o preparo para o início das aulas eles já começam.”, finalizou o Deputado.