Parlamentar lamenta morte de professor

/, Notícias, Últimas Notícias/Parlamentar lamenta morte de professor

Parlamentar lamenta morte de professor

Ocupou a tribuna na ordem do dia da sessão plenária desta terça-feira (09), a deputada estadual Ana Lula (PT), para lamentar a morte de um professor e repudiar ato de agressão de  vereador.

Inicialmente, em seu pronunciamento,  a deputada estadual Ana Lula saudou a presença dos alunos do Colégio Sagrado Coração de Jesus, que visitam  a Casa Legislativa.

Em pronunciamento, a deputada lamentou a morte do professor de matemática do Colégio Tobias Barreto, Gilton Aquino, ao tempo se solidarizou com familiares e amigos.  “A vida é uma passagem. Gilton passou com muita dignidade”, disse

Ainda na tribuna, Ana Lula repudiou “agressão de calúnia” do vereador Cabo Amintas para com o jornalista e radialista, Narciso Machado, e se solidarizou com o comunicador.  Ana Lula explicou que as calúnias foram em virtude do registro realizado pelo comunicador sobre a questão da CPI da Saúde, motivada pelo fato dele ser assessor do vereador Jason Neto. “Narciso foi assessor do vereador Jason Neto por um período de quatro meses e não faz assessoria há algum tempo. Ele é jornalista da FAN FM, além de ter um blog.  É um jovem que mostra seriedade, ética ao fazer jornalismo. Nessa conjuntura de tanta agressão e tanto ódio, o vereador Cabo Amintas não contribui com a democracia brasileira do nosso estado”, salientou.

A parlamentar relembrou na tribuna um caso de um jovem que  foi assassinado na cidade de em Brejo Grande por um policial militar, onde ela  foi para as rádios denunciar e Cabo Amintas foi para a tribuna agredi-la e ainda  exigiu desculpas, sendo que a perícia comprovou que o rapaz foi executado pelo policial.

“Não é papel de nenhum policial, ou melhor, de nenhum ser humano matar ninguém. Nós precisamos sim, aprender no dia a dia da escola, na nossa casa, na igreja, de todos os espaços que a gente frequenta, aprender a respeitar as diferenças, as divergências. O respeito é fundamental para que possamos ter um discurso verdadeiro e ético. O respeito e a responsabilidade são dois parâmetros fundamentais para que possamos ter uma sociedade humana, de iguais, de homens e mulheres que possam ser felizes”, finalizou

 

Por Luciana Botto –  Rede Alese

Foto: jadilson Simões

 

2018-10-09T12:07:24+00:0009 de outubro de 2018|Destaque, Notícias, Últimas Notícias|