Na tarde desta segunda-feira (20), em Sessão Especial, ocorreu a  entrega do Título de Cidadão Sergipano a Eronildes de Oliveira Rosa, mais conhecido como Palmeirinha da Bahia. A propositura foi de autoria do deputado estadual Valmir Monteiro (PSC).

Valmir Monteiro, diz que se sentiu horando em fazer a entrega a Eronildes. “Palmeirinha da Bahia, não é só um grande poeta, repentista e cordelista, ele representa a cultura sergipana e nordestina, levando o nome de Sergipe para todo o Brasil”.

MEsaO homenageado agradeceu pela honraria e lembrou sua história em Sergipe. “Agradeço com muita emoção ao Valmir Monteiro e a toda Assembleia, por ter me dado esse título. Eu defendo todas as culturas regionais desse Brasil e estou muito feliz, pois sempre fui sergipano em meu coração”, disse.

O evento contou com a presença de deputados, amigos e familiares.

 

Conheça a história do homenageado

Publico 1O artista Eronildes de Oliveira Rosa, natural de Paripiranga (BA), está com 71 anos e iniciou a vida como lavrador, aos 18 anos se revelou poeta, repentista, compositor, radialista, cordelista. Gravou cinco discos de Vinil e quatro CDs. Morou em Aracaju nas décadas de 60 e 70. Há 20 anos comanda o Programa Cultura da Nossa Terra na Rádio Progresso da cidade de Lagarto (SE). As histórias de Palmeirinha da Bahia, retratam a defesa dos direitos do povo e é contrária as injustiças sociais.

Nas andanças pelo País recebeu o apelido de ‘Imperador da Viola’. São 50 anos de careira, rimando, cantando e acreditando que tudo pode em Deus, com eterna gratidão.

Autor de várias matérias assinadas no Jornal Simãodiense, Cinform, A Tarde (BA), Tribuna da Bahia. Em sua trajetória como radialista constam os registros de entrevistas com ex-governadores da Bahia e Sergipe, entre eles: Antonio Carlos Magalhães (ACM) e Paulo Souto (BA).

Participou de Festivais de Cultura em Londrina, Guaratuba, Curitiba (PR), São Paulo, Santos (SP), Rio de Janeiro (RJ), Garanhus (PE), Campina Grande (PB), Maceió (AL).


Por Camila Ramos – Agência Alese de Notícias

Fotos: César de Oliveira