Por Rosângela Dória – Rede Alese

A Assembleia Legislativa de Sergipe, em nome do presidente Luciano Bispo e de todos os deputados estaduais, expressa grande pesar pelo falecimento de  Maria Niziana Castelino, conhecida como Candelária. Ela tinha 70 anos e estava internada no hospital de Cirurgia, há duas semanas depois de um  acidente vascular cerebral (AVC) decorrente de complicações da Covid-19.

Candelária comandou a Associação de Prostitutas em Aracaju que recebia mulheres com oferta de cursos, alimentos e doses diárias de acolhimento. Foi homenageada e ganhou prêmios em todos o país pela luta em combate à violência contra as mulheres.

Devido à causa da morte, não haverá velório. Seu corpo será cremado.

Com colaboração de John Santana/ Equipe JC

Foto: César Oliveira