A Assembleia Legislativa de Sergipe, em nome do presidente Luciano Bispo e de todos os deputados estaduais, expressa grande pesar pelo falecimento da cantora Marluce, conhecida como a “Rainha do Forró”. Natural de Pernambuco, ela residia em Sergipe desde 1991 e fazia dupla com o marido, Zé Rosendo.

A cantora que tinha 73 anos, faleceu nesta sexta-feira (29), no município de  Areia Branca.

Ela era chamada de rainha do forró, e ficou conhecida por grandes sucessos, um deles foi ‘Quero ver meu bem’. Pernambucana, chegou em Sergipe em 1991, para morar em Areia Branca.