Na Sedetec, Zezinho Sobral defende o fortalecimento da agricultura familiar e das cooperativas

Publicada: 21/03/2022 às 17:15

21/3/2022

Por Assessoria Parlamentar

Em mais uma ação de defesa dos anseios do homem e da mulher do campo, o deputado estadual Zezinho Sobral (Pode) esteve nesta segunda-feira, 21, na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec) para tratar do fortalecimento da agricultura familiar através das cooperativas. Dentre os tópicos abordados, estava a importância do relacionamento das cooperativas com a Ambev, visto que a unidade sergipana começará a produzir uma cerveja com base de laranja.

“Nossa interlocução foi necessária para solicitar que a empresa compre a laranja diretamente do produtor sergipano dando preferência às cooperativas de agricultura familiar. Precisamos fortalecer a cadeia produtiva e o cooperativismo, sempre buscando importantes parceiros”, afirma.
 
O deputado esteve ao lado de Rafael Oliveira, representante da União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária de Sergipe (Unicafes), e foi recebido por José Augusto Carvalho e Marcelo Menezes, gestor e superintendente executivo da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec).

“A Ambev firmou o compromisso de que compraria a laranja da agricultura familiar. Isso é muito positivo. Por esse motivo, viemos estreitar essa aproximação e trouxemos o presidente da Unicafes para dialogar com a Sedetec. Através desse diálogo, sugerimos que a Sedetec articule, junto com a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), um contato com a Ambev para engajar as cooperativas de agricultura familiar e, assim, ampliar o leque de compra desses produtos para alcançar a todos”, pontuou Zezinho Sobral.

Em 22 de setembro de 2021, através da Lei Nº 8.895, o Governo do Estado reduziu a alíquota de ICMS para cervejas que contenham no mínimo 0,35% de suco de laranja concentrado ou integral na sua composição. A iniciativa visa o fomento da cadeia produtiva de laranja em Sergipe. A alíquota de ICMS foi reduzida de 25% para 13% sobre as operações e prestações de serviço internas envolvendo cervejas que utilizam em sua composição a laranja e sejam comercializadas em embalagem de vidro ou lata.

“A citricultura é muito importante para Sergipe. Esta ação, sem dúvida, abre espaço para desenvolvimento de uma bebida sergipana que leva o melhor da nossa agricultura e impulsiona o campo, o turismo, nosso comércio e a sergipanidade. Continuo defendendo aqueles que trabalham no campo e que produzem em nosso estado”, ressaltou Zezinho Sobral.

Foto: Divulgação Ascom

Outras notícias para você