Por Assessoria da Parlamentar

A deputada estadual Maria Mendonça (PSDB) protocolou, na Assembleia Legislativa do Estado (Alese), uma Indicação endereçada ao governador do Estado, Belivaldo Chagas, e ao diretor-presidente da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), Carlos de Melo Neto, para que instalem tubulação para viabilizar a oferta de água encanada nos povoados Três Tanques, Catirina, Macacos e Assentamento Luiz Carlos Prestes, todos localizados no município de Carira.

Essa medida beneficiará cerca de 240 famílias que residem nesses povoados. Ela lembrou que o vereador por Carira, Erivaldo de Valmir, informou que já existe uma tubulação próxima, no povoado Bonfim, que fica a menos de três quilômetros de cada uma das localidades, o que reduz significativamente os custos. “A Deso precisa honrar e colocar em prática sua missão de promover a universalização dos serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário para a melhoria da qualidade de vida da população”, declarou Maria.

Para ela, é essencial que o Governo atue no sentido de garantir o direito fundamental de acesso à água, líquido imprescindível à sobrevivência. “Não consigo nem mensurar o sofrimento dessas famílias, que há anos enfrentam os dissabores causados pela ausência da tubulação que possibilitaria esse acesso a água potável. Devemos nos lembrar que a falta desse líquido, além de inviabilizar a higienização, algo essencial em meio a uma pandemia, dificulta a execução de simples tarefas diárias”, afirmou.

A parlamentar já havia garantido a aprovação da Indicação 518/2021 pedindo fornecimento de água em povoados de Nossa Senhora da Glória, Monte Alegre e Poço Redondo. “Não consigo nem imaginar o tormento diário da falta de um líquido tão precioso e essencial à sobrevivência e desenvolvimento das sociedades, como é a água”, disse a parlamentar.

Na semana passada, ela esteve reunida com o presidente da Companhia, Carlos Melo, apresentando uma série de demandas oriundas de várias partes do Estado, sobretudo, das regiões do Agreste e Alto Sertão sergipano que estão enfrentando séria escassez de água. “Precisamos que a empresa envide esforços para que garantir melhorias, de modo que a população dos municípios de Itabaiana, Nossa Senhora da Glória, Monte Alegre, Poço Redondo, Pinhão e Carira não enfrente mais esse desabastecimento, que já acontece há meses”, declarou.

Ela lembrou que a Deso é uma empresa de economia mista que precisa ofertar um serviço de qualidade e prestar contas do trabalho que está desempenhando para que a população tenha as suas necessidades atendidas. “Esperamos que os nossos pleitos sobre essa crise hídrica sejam atendidos e, consequentemente, que as comunidades sejam devidamente assistidas”, contou, ressaltando que em alguns casos, como no Povoado Aningas, há tubulação, mas a água não chega às torneiras.