Por Wênia Bandeira

A deputada Maria Mendonça usou o pequeno expediente, nesta quarta-feira, 01, para destacar o Dia de Luta Contra a Aids, instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Organização das Nações Unidas (ONU). Neste primeiro de dezembro, informações sobre tratamento e prevenção são repassadas para que o vírus seja controlado.

A parlamentar disse que as pessoas que sofrem com a doença ou que têm o HIV continuam passando por constrangimentos devido ao preconceito. Esta data também é usada para garantir a aceitação da sociedade.

“Para lembrar a importância do respeito, da valorização e dos cuidados com os portadores do HIV. A sociedade discrimina muito até hoje, desde outubro de 1987 quando foi criada esta data. Por isso a importância desse dia, é preciso que as pessoas sejam respeitadas”, afirmou.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou a aprovação de um novo tratamento com dose única, o que simplifica o tratamento. Maria Mendonça comemorou este avanço para permitir qualidade de vida para estas pessoas.

Ela também parabenizou o médico Almir Santana pelo trabalho desempenhado nesta batalha em prol do tratamento de aidéticos. A deputada falou que ele merece toda a deferência e homenagens.

As declarações ocorreram durante o pequeno expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Foto: Jadilson Simões