Por Assessoria Parlamentar

Em Sergipe, a geração de energia solar fotovoltaica é uma bandeira defendida pelo deputado estadual Luciano Pimentel desde o primeiro mandato do parlamentar na Assembleia Legislativa. Nesta terça-feira, 26, ele fez uso da tribuna para destacar a iniciativa da Prefeitura de Brumado, na Bahia, que implantou placas solares nas escolas da rede municipal de ensino.  

Com a totalidade das instituições do ensino fundamental funcionando em tempo integral e, em razão do clima tropical, as escolas de Brumado possuem inúmeros aparelhos de ar-condicionado para oferecer maior conforto aos professores e alunos, o que gera um alto custo nas contas de energia.

De acordo com o deputado, buscando reduzir gastos, a administração do município investiu na geração de energia solar fotovoltaica, o que rendeu resultados positivos para a cidade no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) e garantiu ao prefeito Eduardo Lima um convite para participar da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, que acontece  entre 31 de outubro e 12 de novembro, na Escócia.

“Brumado é uma cidade do sertão baiano, com a temperatura extremamente alta, que elevou o IDEB para 6.1, ultrapassando a média da Bahia (4.9) e do Brasil (5.9).  O prefeito Eduardo Lima afirmou que o quadro de profissionais da educação não sofreu alteração, sendo essa evolução do IDEB um reflexo direto da climatização de todas as instituições de ensino da rede municipal. O município reconhece que sem a geração da energia solar fotovoltaica não teria condições de arcar com os custos mensais dessa climatização”, relatou Luciano Pimentel.

Por considerar que a ação deve servir de exemplo para outros estados, o parlamentar encontrou em contato com o governador Belivaldo Chagas e os prefeitos Edvaldo Nogueira (Aracaju) e Cristiano Viana (Simão Dias) para encaminhar a notícia e frisar a relevância do trabalho realizado pela administração de Brumado.

“Há mais de seis anos ressalto, nesta Casa, a importância da energia solar fotovoltaica para o desenvolvimento do nosso país. Fiz questão de divulgar essa iniciativa que mostra como a energia solar é benéfica para o Brasil e, principalmente, está facilitando a aprendizagem dos estudantes deste município. Parabenizo a Prefeitura de Brumado pela experiência exitosa e torço para que projetos como esse também cheguem ao nosso estado”, finalizou Luciano Pimentel, autor do PL que originou a Lei nº 8.467/2018, responsável por instituir a política estadual de incentivo à geração de energia solar.

Com recursos da ordem de R$ 5 milhões,  o sistema fotovoltaico instalado em Brumado é 1.2 megawatts, composto por 3.666 módulos de 345 watts cada, com capacidade média de geração mensal de 185 mil quilowatts/hora/mês. As placas solares foram colocadas em 18 instituições da rede municipal, atendendo a demanda de todas as 33 escolas da rede. Cerca de 10 mil alunos são beneficiados.

Foto: Assessoria Parlamentar