Por Ascom Parlamentar

Com intuito debater o cenário do turismo sergipano, o deputado estadual Luciano Pimentel esteve nesta terça-feira, 11, em reunião com o Governo do Estado e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Sergipe (ABIH-SE). O encontro abordou a realidade do setor e a necessidade de unir forças para ampliar a divulgação do destino Sergipe.

Na oportunidade, a ABIH-SE apresentou ao governador Belivaldo Chagas propostas que podem ser implementadas a curto prazo e, na ótica da entidade, serão benéficas para setor turístico. Dentre as medidas elencadas pela Associação estão a redução imediata do imposto sobre o querosene (ICMS), a profissionalização da Secretaria do Turismo em todas as suas áreas de atuação e a implantação de Parceria Público-Privada.

“Em Sergipe, temos toda estrutura para desenvolver o turismo. Contamos com bons hotéis, bares, restaurantes, shoppings, museus e diversos passeios ao ar livre. O que precisamos é articular ações conjuntas entre o Governo e o trade turístico para atrair mais turistas. Essa reunião foi um passo importante neste sentido, pois o governador demonstrou interesse de construir esse trabalho e abrir espaços de interlocução com as áreas que tratam do turismo
em Sergipe”, considerou Luciano Pimentel.

Após ouvir as demandas da ABIH-SE, o governador ressaltou que algumas das pautas já estão sendo encaminhadas, a exemplo das tratativas sobre a redução do querosene de aviação. De acordo com ele, o Estado tem conhecimento das dificuldades e está atuando para modificar esse quadro. “Quero uma Secretaria de Turismo totalmente ligada ao Trade Turístico. Quero me somar a vocês e quero que vocês se somem ao Governo do Estado”, afirmou Belivaldo Chagas.

Para o presidente da ABIH-SE, Antônio Carlos Franco Sobrinho, a discussão foi positiva. “Tivemos a oportunidade de trazer sugestões e frisar a importância de elaborar uma agenda produtiva e de curto prazo. Fizemos questão de enfatizar que é fundamental para o Estado adotar medidas que possam iniciar esse processo de recuperação do turismo em Sergipe e, principalmente, garantir a manutenção dos negócios”.

ICMS

Em fevereiro deste ano, Luciano Pimentel entregou ao Governo Estadual um estudo com a relação entre a redução do ICMS sobre querosene de aviação e o aumento no número de voos. A alternativa foi inicialmente adotada em São Paulo e já está sendo aplicada em outras cidades.

Segundo o deputado, em 2017 as empresas gastaram mais de 9 bilhões de reais em querosene de aviação, o que representa em média 35, 8% dos custos das companhias. “A redução do querosene não beneficiará apenas a companhia aérea, mas toda sociedade. Tendo em vista que, a partir do momento que os voos tornam-se inviáveis, toda população acaba sendo afetada”, explicou Luciano Pimentel.

A reunião também contou com a presença do secretário de comunicação do Estado, Sales Neto, da vice-presidente da ABIH-SE, Daniela Mesquita, e de Alessandro Dantas, Francisco Barreto Júnior e Emanuel Teles, membros da diretoria da Associação.

Em breve um novo encontro será realizado para alinhamento de ações, juntamente com a
Secretaria de Turismo e o trade turístico.

 

Foto: Edu Almeida