O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, o deputado Luciano Bispo (PMDB), usou a tribuna da Câmara Municipal de Itabaiana, durante o grande expediente da sessão itinerante realizada na manhã dessa quarta-feira (26), para falar aos seus conterrâneos, aos deputados presentes na sessão, vereadores, autoridades  e correligionários, para chamar a atenção do trabalho que o Governo Jackson Barreto está fazendo por Sergipe e por Itabaiana. “Nenhum outro político fez mais por Sergipe do que Marcelo Déda. Jackson é a continuação do governo Déda e temos de reconhecer que eles fizeram e hoje Jackson faz muito pela saúde do estado, pela oncologia e eu sou um dos que cobra”, disse.

Luciano Bispo relembrou a importância da Alese ter aprovado o Projeto de Lei Complementar 08/2015, que autoriza o Governo a usar cerca de 500 milhões de reias para pagamento da folha dos servidores públicos. “Nós demos a resposta que tínhamos de dar. Fomos pressionados, mas resistimos. O Governo vai poder honrar o compromisso de pagar em dia o salários dos servidores”, ressaltou.

Bispo respondeu ainda às cobranças da oposição afirmando que hoje ocupa a presidência da Alese e procura respeitar igualmente a posição de todos os deputados da situação e oposição. “Eu não corro do problema, me coloco dentro dele para ter condições de atender igualmente às reivindicações. É assim que tenho feito o meu trabalho”, afirmou.

Outra cobrança do presidente da Alese durante o discurso, foi para a atual administração de Itabaiana que, segundo ele, tem dificultado a atuação do governo de Sergipe no município. “Estamos tentando trazer a Ceasa de Itabaiana, mas é preciso que o prefeito Valmir dos Santos Costa (PR), colabore e diminua o valor do IPTU de quase R$ 200 mil”, revelou.

De acordo com Luciano Bispo, Sergipe, assim como o restante do país, atravessa um momento de recessão econômica e a Assembleia Legislativa vai ajudar o Governo a governar. “Entendo que esse deve ser o papel dos parlamentares, ajudar no desenvolvimento do Estado, todos nós queremos o que todos querem: o melhor para o nosso estado”, concluiu.

Por Glice Rosa – Agência Alese de Notícias

Foto: Camila Ramos