Liberdade de escolha nas eleições é defendida em pronunciamento

Publicada: 09/09/2022 às 11:19

Por Wênia Bandeira/Agência de Notícias Alese

A liberdade de escolha dos eleitores quanto aos candidatos que merecem seus votos nas Eleições foi tema de pronunciamento nesta quinta-feira, 8. O direito ao voto livre foi defendido como forma de garantir a escolha de acordo com a necessidade da sociedade.

O deputado Daniel Fortes (Cidadania) afirmou que ainda não está assegurado a manifestação da liberdade, ponto máximo da democracia brasileira. “Existem muitos aprisionamentos e o maior é o aprisionamento da alma e da mente. Há aqueles que estão aprisionados pelo cabresto dos líderes políticos para votar em quem indicam. Principalmente as camadas mais pobres, nas periferias, as pessoas são manipuladas a receberem os ‘santinhos’ para que votem, isso porque lá atrás recebeu um benefício, uma cesta de alimentos ou um remédio”, falou. 

O parlamentar ainda falou sobre a escassez das campanhas nas ruas e relatou que o que se vê são os acertos políticos. Ele disse que não se pode falar em liberdade total, pois  “os líderes políticos entendem que, por ter atendido algumas pessoas na comunidade, lhe devem favores, que serão retribuídos na campanha política e muitas pessoas pensam que assim devem agir e não têm a condição de pensar, de refletir, de estar livre com a sua consciência para votar nos candidatos que elas vão avaliar”, completou.

As declarações ocorreram durante o pequeno expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Foto: Agência Brasil

Outras notícias para você