Por Wênia Bandeira

O deputado Iran Barbosa (PT) usou sua fala no pequeno expediente para destacar o Dia da Consciência Negra, no próximo sábado, dia 20. Ele informou que irá protocolar um projeto de lei que institui o Estatuto da Igualdade Racial e de combate a intolerância religiosa.

O parlamentar disse que este é um pedido do Movimento Negro de Sergipe e fruto de discussão com amplo conjunto de representantes de movimento negro. “Não é uma proposta do deputado Iran Barbosa, mas é o resultado de uma discussão aprofundada com representantes do Movimento Negro Sergipano e eu espero que nós tenhamos sucesso e em um curto espaço de tempo possamos ter no ordenamento jurídico estadual essa peça muito importante”.

No sábado, será realizada a Marcha da Consciência Negra. O deputado aproveitou para convidar para o evento, que terá concentração às 15 horas, na Praça da Abolição, localizada no bairro América, em Aracaju.

“Convidar todos que lutam pelo fim da fome no nosso país, lutam pela garantia da vida, por emprego e renda, contra o racismo e defendem o fim deste governo que é vinculado a uma política de morte de exclusão, para a realização da Marcha da Consciência Negra”, acrescentou.

As declarações ocorreram durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Foto: Jadilson Simões