Por Assessoria da Parlamentar

A procuradora da Mulher da Alese, deputada estadual Goretti Reis (PSD) aproveitou sua participação na 24ª Conferência da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), realizada no Mato Grosso do Sul para visitar a primeira Casa da Mulher Brasileira inaugurada em 2015. A visita foi proporcionada pela vice-prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes. O deputado estadual pela Paraíba, Ranieri Paulino também participou. Foram recepcionados pela superintendente da Casa da Mulher Tai Loschi e subsecretária municipal de Políticas para Mulheres Carla Stephanini.  

Deputada fez visita no Moto Grosso do Sul

Goretti tem cobrado a instalação da Casa da Mulher Brasileira em Sergipe e para isso tem solicitado agilidade nos trâmites da doação do terreno para a construção. A parlamentar também busca apoio da bancada Federal de Sergipe para a realização dessa importante e necessária obra.  

“Passou da hora de Sergipe também ter uma Casa Brasileira. Precisamos que mais estados disponibilizem essa instituição que presta relevantes serviços no enfrentamento à violência com atendimento integral, humanizado e especializado às mulheres em situação de violência. Atualmente, são poucos os estados com esse serviço, Campo Grande (MS), São Luís (MA), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), São Paulo (SP) e Boa Vista (RR). Precisamos buscar formas para que mais cidades levem essa Casa para atenderem às muitas mulheres vítimas”, disse Goretti.  

Segundo a superintendente Tai, o sucesso da atuação da Casa decorre de fatores primordiais, entre eles, a gestão colegiada, compromisso da prefeitura em parceria com o Governo do Estado. O Espaço dispõe de serviços integrados, entre eles a Delegacia da Mulher. A Casa funciona 24 horas com mais de 200 servidores. São mais de 120 mil atendimentos ano, entre os serviços, além do acolhimento e encaminhamentos, disponibiliza de intérprete de libras para atendimento a mulheres surdas em situação de violência,