Por Assessoria Parlamentar

Através de indicação, a deputada estadual Goretti Reis, solicitou que o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, a ampliação de leitos psiquiátricos em hospitais gerais de Sergipe, para a internação de pacientes com quadro agudo, encaminhado pelos demais pontos de atenção à saúde mental. De acordo com a parlamentar é fundamental ressaltar que o desempenho da atenção à saúde mental no Brasil, dispõe de uma vasta legislação que define, institui e qualifica a política da rede de assistência de forma segura, eficaz e humanizada para atender às pessoas com transtornos mentais. O que torna perceptível que saúde mental não se faz somente com os serviços prestados pelos Centro de Apoio Psicossocial (CAPS), e sim com uma rede de atenção psicossocial integrada e com garantia de acesso. Existe uma escassez de leitos psiquiátricos especializados e atendimento qualificado nos hospitais para a prestação de assistência a esses pacientes, que precisam de leito de internação.

“Em Sergipe tem uma rede estruturada para acolher pacientes em sofrimento mental na atenção primária, e nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), nas suas diversas modalidades de assistência. É nesse ponto, que se trabalham situações agudas da doença e que define quem precisa de leito de internação. No momento que se faz a solicitação há dificuldades para conseguir. Diante disso existe a necessidade de viabilizar o aumento dos leitos de acordo com as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), que propõe a implantação de uma Rede de serviços aos usuários de forma plural, com diferentes graus de complexidade e que promovam assistência integral para diferentes demandas, desde as mais simples às mais complexas e graves, e em comum acordo com o Plano de Governo, que define a ampliação de no mínimo 25 leitos para Sergipe”, ressaltou Goretti Reis.