Da Assessoria da Parlamentar

No período de fevereiro a junho a deputada estadual Goretti Reis teve mais um semestre significativo de ações parlamentares, participando de sessões, visitas a instituições, audiências públicas, entrega de títulos, votações, discussões, e comissões. Foram 91 requerimentos. Por 30 vezes usou a tribuna para trazer os anseios da população, apresentou 11 indicações com serviços para os sergipanos. Além de 6 projetos de lei de extrema importância, entre eles a implantação da Patrulha Maria da Penha em Sergipe, onde está como projeto piloto na cidade de Estância e instituiu o dia 31 de maio como o Dia da Policial Militar, Civil e Bombeira Militar.

Outros importantes projetos de lei de sua autoria, que possibilitam melhorias para a sociedade: o da redução de 30 horas semanais para os enfermeiros, técnicos de enfermagem e auxiliares de enfermagem; a criação de vagas de empregos nas empresas prestadoras de serviços ao Estado de Sergipe para mulheres vítimas de violência doméstica e familiar; a obrigatoriedade do Teste do Coraçãozinho em bebês nas maternidades e hospitais públicos e a criação de Grupos Reflexivos de enfrentamento à violência de gênero e com os autores de violência contra a mulher.

Relevante citar as indicações apresentadas, que buscam benefícios para os sergipanos, a exemplo das reformas do prédio onde funcionará o Instituto de Identificação de Lagarto e dos Colégios Estaduais Professor José Cláudio Monteiro do povoado Jenipapo; Sílvio Romero e o Luiz Alves de Oliveira no povoado Colônia Treze. O Recapeamento asfáltico nas principais vias do município de Lagarto. Mudança da pintura das faixas de pedestre para pintura em terceira dimensão (3D) nas vias de Aracaju. Sinalização e iluminação da rodovia Governador Mário Covas BR 101, KM 124, viaduto de acesso ao município de Lagarto. Instalação de Busdoor em Aracaju e em outros municípios com tema para redução da violência doméstica. Outra indicação é a que beneficia pessoas que tiverem seus veículos roubados ou furtados no interior do estado, que com essa indicação terão os serviços de abono de restrições nos municípios que dispõem de Unidades de Circunscrição Regional de Trânsito – Ciretran e  Delegacias de Polícia, e não mais só em Aracaju.

“É preciso entender que um mandato de deputado é a representação da população e que parte do trabalho é feito na Assembleia Legislativa e parte nos municípios, para ouvir demandas e anseios da população. Nesse período de recesso iremos intensificar nossas atividades extra Assembleia. Vamos continuar trabalhando por Sergipe”, pontuou a parlamentar.