Por Habacuque Villacorte

O deputado estadual Gilmar Carvalho (PSC) participou da sessão remota da Assembleia Legislativa, na manhã dessa terça-feira (06), para anunciar que protocolou um projeto de lei permitindo que as empresas do setor privado continuem com suas atividades dentro da normalidade, desde que todos os seus funcionários já estejam devidamente vacinados (duas doses) contra a COVID-19.

O parlamentar externou sua preocupação com o risco de contaminação, mas reforçou a importância de garantir o funcionamento da economia e de se preservar o emprego. “Pode ser que este projeto tenha alguma resistência do governo, ou não, mas sinto que as medidas restritivas deixam impopulares todos os governantes, além de criarem um problema para a economia, para os cofres públicos”.

Em seguida, Gilmar pontuou que percebe a predominância já de mais desemprego, com pessoas pedindo e passando fome. “Com a queda de vendas, também diminui o ICMS que ajuda o governo na arrecadação. Minha proposta é para que todas as empresas atingidas pelas medidas restritivas, que voltem a funcionar ou continuem funcionando, desde que todos os seus funcionários estejam devidamente vacinados já”.

Não importa a origem da vacina, desde que autorizada pela Anvisa. Sem o trabalhador na loja, o patrão vende menos, o desemprego aumenta ainda mais e o Estado também sofre com a arrecadação. Esse projeto melhora até a condição financeira do Executivo. E as Câmaras de Vereadores podem sugerir o mesmo em seus municípios. Eu apelo que nossa proposta seja analisada e aprovada pelos colegas”

Foto: Joel Luiz