Por Ascom Parlamentar

O secretário de Estado da Saúde, Valberto de Oliveira, esteve esta semana na Assembleia Legislativa para fazer uma prestação de contas sobre a atuação da pasta no primeiro quadrimestre deste ano. O deputado estadual Georgeo Passos, Cidadania, acompanhou a audiência e não ficou muito satisfeito com o que foi apresentado.

Para o parlamentar, não houve grandes novidades do que foi apresentado na Alese sobre os números do final do ano passado. “Muitas coisas que foram apresentadas já eram ações desenvolvidas em 2018”, comentou. Além disso, Georgeo disse que ficaram faltando maiores detalhamentos sobre os gastos da Secretaria.

“Vimos a soma de recursos que são destinados à saúde, um valor considerável. Porém, não nos foi apresentado quantas pessoas são atendidas e o custo real de cada unidade de saúde. É preciso esmiuçar os números e fazer um levantamento entre o que está sendo realmente gasto e o que está sendo produzido”, comentou.

Georgeo reconhece que são muitas as dificuldades de gerir uma pasta como a Secretaria de Saúde. Contudo, o deputado entende que com uma análise dos gastos é possível melhorar as condições do serviço prestado. “Temos que exigir do gestor que consiga atender as demandas. Não é fácil. Porém, precisamos averiguar se com os recursos recebidos está sendo possível administrar melhor a saúde do nosso Estado”, finalizou.