Por Wênia Bandeira

O deputado Georgeo Passos (Cidadania) anunciou o protocolo de uma emenda modificativa à Lei Orçamentária Anual para 2022 (LOA), Projeto de Lei 255, cujo projeto ele teve acesso. O parlamentar reclamou sobre a inclusão de gastos destinados ao Consorcio do Nordeste inclusos na LOA.

Ele disse que está descrito no PL o valor de R$ 792.214 para este fim. Durante a pandemia causada pelo novo coronavírus, R$ 48 milhões foram encaminhados ao Consórcio, mas respiradores comprados não foram entregues e o valor não foi devolvido.

“No mínimo, o Governo quer mangar da cara do povo sergipano. Depois de tanto prejuízo que esse Consórcio do Nordeste causou, Belivaldo (Chagas) ao invés de tomar uma medida dura e tirar Sergipe do Consórcio, quer destinar mais dinheiro para esse Consórcio pagar os salários daqueles que estão lá trabalhando, manter os imóveis alugados, pagar as diárias, tirando do contribuinte sergipano mais uma vez esse dinheiro”, afirmou.

O deputado destacou que pretende fazer com que o valor seja encaminhado para a secretaria de inclusão e assistência social do Estado para aquisição de cestas básicas. As declarações ocorreram durante o pequeno expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa de Sergipe.

Foto: Jadilson Simões