Em coletiva de imprensa na Alese, Fábio Mitidieri destaca metas e desafios do Governo

Publicada: 02/01/2023 às 9:19

 

Por Júnior Matos/ Agência de Notícias Alese

Na tarde deste domingo, 1° de janeiro de 2023, o novo governador de Sergipe Fábio Mitidieri (PSD) participou na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) de uma coletiva com os profissionais da imprensa. O encontro ocorreu na sala das Comissões Guido Azevedo, onde o novo gestor pôde falar sobre a trajetória da pré e da campanha eleitoral em 2022, e ainda, destacar pontos de ação, metas e desafios do Governo.

O novo governador de Sergipe, Fábio Mitidieri, respondeu as perguntas dos jornalistas

Mitidieiri, iniciou ressaltando a importância do projeto ‘Caminhos da Esperança’, quando durante o período da pré-campanha, ele pôde acompanhar de perto as demandas da população. “Sergipe é um estado que tem uma demanda específica para cada região. Iniciaremos o nosso governo botando em prática o projeto Primeiro Emprego, mas sem esquecer dos programas de transferência de renda, além dos programas sociais que estão dando certo e devem ser mantidos”, declarou o governador Fábio Mitidieiri.

Nesta segunda-feira, dia 2, o novo governador começa a sua agenda de compromissos. Ele falou sobre os anseios e esperanças da população sergipana. “Eles esperam mais emprego, e um Governo que cuide da saúde e da educação. A expectativa do povo é boa, por isso, me cobro, para fazer uma boa gestão”, enfatizou.

Também foram destacados a trajetória política de Fábio Mitidieri, a exemplo, de sua passagem pela Câmara de vereadores de Aracaju e sobre a importância do bom canal de diálogo e alinhamento entre os Governos Estadual e Federal para o desenvolvimento de Sergipe, além da falta de agenda para acompanhar a posse do presidente Lula.

Oportunidades e Investimentos

O governador falou sobre os potenciais econômicos do estado, a exemplo do petróleo e gás natural. agronegócio e turismo. Nós precisamos aproveitar estas oportunidades para captar ainda mais investimentos para gerar emprego e renda. Já estamos buscando investidores, estudando e trazendo obras estruturantes para melhorar a vida do sergipano”, disse.

O vice-governador, Zezinho Sobral, o presidente da Alese Luciano Bispo e os deputados estaduais Luciano Pimentel e Jeferson Andrade acompanharam a coletiva

Obras

Uma das perguntas feita pelos jornalistas foi sobre as ordens de serviços já assinadas e as obras em andamento da gestão do ex-governador Belivaldo Chagas. “Enquanto governador, Belivaldo Chagas inaugurou o Hospital da Criança, o Centro de Reabilitação – CER IV, realizou o programa Pró-Rodovia e fez a nova Orla Sul. Essas obras, são muito importantes para o desenvolvimento do estado. Nós queremos fazer obras estruturantes e que deixem a marca da nossa gestão, a exemplo de uma ponte Neopólis/Penedo e uma nova ponte Aracaju/Barra, com isso conseguiremos ter mais investidores e também mandar os nossos produtos para fora do estado”, ressaltou.

Turismo

A proposta para o Turismo é ampliar o calendário de eventos do estado e fomentar as mais variadas vertentes dele como o turismo religioso, de negócios, de lazer, de esporte entre outros. “Vamos movimentar todas as pastas do Governo para fazermos a busca-ativa de novos eventos através de parcerias com a iniciativa privada também. Com isso, faremos a demanda necessária para ampliar a malha área em Sergipe e ainda, gerar emprego e renda através do turismo”,enfatizou.

Saúde, Educação  e Transferência de Renda

Sobre os programas de transferência, Fábio Mitidieri, considerou a possibilidade de ampliação. “Temos o mão-amiga e o cartão Mais Inclusão, atualmente no valor de 500 reais, mas a nossa proposta é ampliar para o valor de 600 reais para as mães solo que tenham dois filhos ou mais”, falou Fábio Mitidieri.

Na área da Saúde, a proposta é a descentralização dos serviços, levando, ainda mais, assistência para o interior do estado. Investimentos no parque tecnológico e também telemedicina, prontuário eletrônico, entre outras melhorias.Já na área da Educação, Fábio Mitidieri indicou o vice-governador José Macedo Sobral (PDT) para a pasta.

Empresas Estatais

O último tema explorado pelos jornalistas foram as possibilidades de privatizações de empresas estatais, a exemplo, da Sergás, Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) e Banese. “Em relação a Sergás, não temos interesse nenhum de vender; é preciso discutir novamente as propostas para que se tenha uma parceria mais justa e também preservar os interesses do estado. Sobre a Deso, precisamos de uma gestão profissional, captação de recursos e investimentos. E o Banese não tenho intenção de fazer privatização. Precisamos reforçar para que ele seja um banco de fomento, para que esteja ao lado do empresariado e também do povo sergipano”, finalizou Fábio Mitidieiri.