Durante  realização de Audiência Pública sobre prestação de contas da Secretaria do Estado da Fazenda, o secretário da pasta, Ademário Alves, fez uma avaliação do cumprimento das metas do 1º quadrimestre deste ano. Na oportunidade, destacou que a variação atual, do ano de 2018, não é muito distinta da variação do ano passado, a qual corresponde a 6.8% da receita total. Ressaltou ainda que  dentro de uma perspectiva de crescimento futuro, e que está dentro de um dos itens de ação do governo, é a racionalização,  a qual poderá gerar R$ 250 milhões de economia para o Estado.

Educação

Dentre pontos discutidos, pontuando receitas e despesas das pastas do Governo do Estado,  o secretário Ademário Alves, anunciou um ponto positivo sobre a pasta da Secretaria de Estado da Educação. Segundo pontuou, a projeção do Governo do Estado, através da Fazenda, é que “o valor para a pasta da Educação se manterá acima do mínimo previsto pela Lei de Responsabilidade Fiscal, a LRF. Ou seja, chegando a ficar superior a 25% até o mês de junho”, revelou o secretário.

Presenças

Além dos deputados da Casa Legislativa, participaram da audiência Pública e equipe da superintendência de finanças e comunicação da Secretaria de Estado da Fazenda. A presidência dos trabalhos ficou a cargo do deputado Estadual Francisco Gualberto.