Por Assessoria Parlamentar
 
O deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (CIDADANIA) usou suas redes sociais para denunciar a falta do medicamento Risperidona 3 mg, destinado à pacientes com transtorno do espectro autista, no Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (CASE).
 
Familiares de pacientes procuraram o parlamentar relatando que há mais de dois meses não recebem esse medicamento e que o Governo do Estado não dá nenhuma previsão de quando irá disponibilizar. “Recebi com muita tristeza a informação de familiares de pacientes com autismo, que está em falta no Centro de Atenção à Saúde de Sergipe um medicamento imprescindível para o tratamento dessas pessoas. Existem famílias que estão há dois meses sem receber esse medicamento”, disse Dr. Samuel.
 
O deputado fez um apelo ao Governo de Sergipe e criticou pelo fato da Secretaria Estadual de Saúde deixar faltar remédios baratos na rede de saúde pública. “Quero fazer um apelo ao Governo do Estado para que essa situação seja o mais breve possível normalizada. É difícil acreditar que em plena pandemia, um medicamento tão barato como esse, falte nas prateleiras da farmácia pública. E o pior, a SES diz que não tem previsão. Lamentável”, questionou.
 
Dr. Samuel também frisou que só em uma residência três pessoas fazem uso da medicação. Além disso, afirmou que esses familiares estão angustiados com a demora. “Só em uma casa, três pessoas fazem uso desse medicamento chamado de Risperidona 3 mg. Ele trata, por exemplo, a irritabilidade associada ao transtorno do espectro autista. Os familiares estão angustiados com a demora da Secretaria de Estado da Saúde para resolver o problema”, concluiu.