Por Stephanie Macêdo

Na Sessão Extraordinária Mista da manhã desta terça-feira (01) os deputados estaduais aprovaram, por unanimidade e em redação final, ao número de seis Projetos de Resolução que versam sobre a concessão de Títulos de Cidadania Sergipana. Os títulos são concedidos a pessoas físicas ou jurídicas que reconhecidamente tenham prestado relevantes serviços à comunidade ou tenham se destacado pelo desempenho na vida pública ou privada.

Homenageados

De autoria do deputado  Georgeo Passos (Cidadania), fo aprovado o Projeto de Resolução nº 3/2020, que concede o título de cidadão sergipano ao professor-doutor, Lysandro Pinto Borges. O deputado  Talysson de Valmir, por meio do Projeto de Resolução nº 10/2020, concede título de cidadania sergipana a Dom Vítor Agnaldo de Menezes.  

O Projeto de Resolução nº 15/2020, de autoria da deputada,  Maísa Mitidieri,  concede título de cidadania sergipana a  Guilherme Conti Padão. Já o Projeto de Resolução nº 16/2020, da deputada  Goretti Reis,  concede título de cidadania sergipana ao professor da Universidade Federal de Sergipe, Doutor Bernard Charlot.
De autoria da deputada  Janier Mota, o Projeto de Resolução nº 17/2020 ,  concede título de cidadania sergipana ao Senhor Maurício Meneses da Silva.

Por fim,  foi aprovado o Projeto de Resolução nº 18/2020, de autoria do presidente da Casa Legislativa,  Luciano Bispo (MDB), – concede título de cidadania sergipana ao Senhor André Luiz Silva Lima de Santana Mendes. De autoria também do presidente, foi aprovado em segunda discussão, o  Projeto de Resolução nº 13/2020, que   concede título de cidadania sergipana ao  Pedro Akos Litsek, presidente da  Centrais Elétricas de Sergipe (Celse). 

 

Foto: Jadilson Simões