Por Assessoria

Defensor do desenvolvimento e da geração de empregos, o deputado estadual Zezinho Sobral (Pode) comemora os números de evolução do mercado de trabalho divulgados pelo Ministério da Economia, através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) referentes a outubro. Sergipe gerou mais 3.523 empregos, sendo a terceira maior variação relativa do Nordeste: mais de 1,29%.

A indústria sergipana gerou 1574 empregos e Aracaju foi a cidade que mais teve postos de trabalho: foram 1443. Já o município de Nossa Senhora das Dores gerou 748 postos de trabalho, ocupando a segunda colocação. Zezinho Sobral destaca a importância da retomada dos empregos em Sergipe após um período de muitas demissões consequentes da pandemia.

“Os dados do Caged repercutem positivamente na reabertura das atividades econômicas e das medidas do Programa Avança Sergipe, voltado para a recuperação econômica do Governo do Estado. No ápice da pandemia, tivemos o fechamento de empresas e uma grande queda dos postos de trabalho. Agora, esses números confirmam a expectativa de recuperação, renovando a esperança para a geração de mais empregos e serviços”, afirmou Zezinho Sobral.

De acordo com os dados do Caged, Laranjeiras teve 382 sergipanos empregados, sendo o terceiro município a ocupar o ranking. Já Nossa Senhora do Socorro aparece com 185 empregos registrados, seguindo de Capela, com 172. “Acredito que a Usina Pinheiro contribuiu significativamente com este momento. As atividades canavieiras, a exemplo da colheita da cana e produção de açúcar, contribuíram bastante na empregabilidade”, ressaltou o parlamentar.

As estatísticas apontaram, também, que foram abertas novas vagas no comércio e no setor de serviço em Sergipe. Dentre os segmentos, o Caged sinalizou que, em outubro, foram criados 759 postos de trabalho no setor de comércio e 754 no setor de serviços. O setor de saúde obteve 104 novas vagas, as atividades profissionais técnico-científicas 124 vagas e a construção civil 194 vagas criadas com carteira de trabalho.

O deputado estadual Zezinho Sobral, que já foi gestor da pasta do Trabalho, acredita que, o saldo de novembro e dezembro também será positivo com a recuperação dos empregos e abertura de novos postos de trabalho. “Mesmo com um ano marcado com as dificuldades, os dados são favoráveis. O avanço no número de novos postos de trabalho é resultado da política estratégica determinante para o ritmo de reconstrução para a economia. A expectativa é de crescimento para os próximos meses. Bons ventos sopram para o nosso desenvolvimento e a recuperação das vagas de emprego”, apontou Zezinho Sobral.