Por Habacuque Villacorte – Rede Alese

O deputado estadual Dr. Samuel Carvalho (Cidadania) conseguiu aprovar, na Assembleia Legislativa, uma indicação onde ele solicita ao governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde, a renovação do contrato trabalhista dos agentes de endemias que atuam pela Fundação Estadual de Saúde (FUNDESA) nos municípios sergipanos, em virtude do avanço da dengue.

O deputado se baseia nos dados da própria Secretaria de Saúde, onde num intervalo de 29 de dezembro do ano passado a 6 de junho desse ano, foram confirmados 218 casos de dengue em Sergipe. Ele também confirma 84 casos de chikungunya e um caso confirmado com Xika. “Apesar disso o governo do Estado não renovou o contrato com os agentes de endemias que atuam pela FUNESA nos municípios”.

Samuel explica que esses agentes de endemias compõem a brigada itinerante que tem como missão apoiar os municípios no trabalho e controle do Aedes Aegypti, o mosquito que transmite as três doenças: dengue, zika e chikungunya. Levando ações educativas e ativas na identificação e destruição dos criadouros. Uma comissão que conta com 97 agentes de endemias, além de supervisores, condutores e coordenadores.

“Os trabalhadores que passaram por dificuldades fizeram uma manifestação em frente à Alese para pedir o apoio dos deputados pela renovação contratual. Eles foram pegos de surpresa com a informação que os contratos não seriam renovados. A nossa sugestão, baseada no entendimento da categoria é pela renovação nos municípios onde moram, para que esses trabalhadores tenham maiores despesas com o deslocamento, através de cessão para as secretarias municipais”, sugere o parlamentar.