O Deputado Estadual Gustinho Ribeiro, diante dos fatos já levados ao conhecimento público, relacionados ao julgamento do Tribunal Regional Eleitoral, cujo resultado foi pela cassação do mandato outorgado pelo povo sergipano, vem, por meio desta CARTA ABERTA, levar ao conhecimento dos quase 35 mil eleitores que foram às urnas creditar o voto de confiança que, em momento algum, foi demonstrada qualquer participação do parlamentar na malversação de verbas subvencionadas, tanto é que o julgador chegou a afirmar que o voto inicial não teria a cassação como resultado final.

O representante do Ministério Público Federal, em sustentação oral, reconheceu a inexistência de apropriação de dinheiro público por parte do parlamentar.

O Deputado, assim como todos que acompanharam de perto o deslinde processual, foram surpreendidos, após a mudança da linha inicial de entendimento do julgador, com alegações dando conta de que nunca houve rompimento político-partidário com o Deputado Valmir Monteiro, o que, na ótica do julgador, foi crucial para chegar ao reconhecimento da cassação, após consultar um blog com comentário de um desconhecido, fazendo ilação acerca de eventual simulação do rompimento político de Valmir e Gustinho.

Causa-nos estranheza a invocação desse fato, seja porque nexo algum há com o objeto do processo, seja porque todos os sergipanos sabem da divergência política, ideológica e partidária entre o deputado Gustinho Ribeiro e o deputado Valmir Monteiro.

Estranha-nos, também, que um mandato seja cassado com base em notícias da internet, sem que se pudesse refutar os fatos, chegando-se ao absurdo de se conjecturar conluio entre Gustinho Ribeiro e a deputada Goretti Reis, integrante da família que é sua histórica adversária.

Diante da flagrante contradição, sua assessoria jurídica reafirma que o julgamento não guarda compatibilidade com as provas carreadas aos autos, motivo pelo qual antecipa que irá recorrer da decisão, a fim de tentar restabelecer a ordem que se espera num ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO.

Por fim, tranquiliza o povo sergipano e, especialmente, seus eleitores e militantes alertando-os que continuará a exercer o mandato que lhe fora outorgado pelo povo.

Deputado Estadual Gustinho Ribeiro

02 de dezembro de 2015

 

Foto: César de Oliveira