A deputada estadual Ana Lula (PT) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã dessa quarta-feira (2), para destacar a passagem do dia dos trabalhadores e a união das centrais sindicais em defesa da democracia e pela liberdade do ex-presidente Lula (PT). A petista exibiu reportagens sobre manifestações sobre o assunto em diversas regiões do mundo.

“Ao registrar a passagem do dia dos trabalhadores eu tenho que retomar um pouco da história desse dia que tem um pouco de semelhança com o que acontece no cenário brasileiro atual, do ponto de vista político e econômico. Retomo a luta operária em Chicago (EUA), onde a elite e a classe dominante jogam a calúnia e a difamação, que prende e mata. Os trabalhadores de Chicago promoveram uma intensa mobilização por dois anos, deflagraram uma grande greve para a redução da jornada de trabalho”, contextualizou a deputada.

Em seguida Ana Lula exibiu em plenário as imagens da mobilização nacional em defesa da democracia e os manifestos realizados pelo mundo pela liberdade de Lula. “São imagens divulgadas pela tv dos trabalhadores que agora passa a ser transmitida pela NET. Conseguimos desta vez realizar um grande ato, reunindo toda a classe trabalhadora, unificando as sete centrais sindicais em Curitiba (PR), em defesa da democracia e pela revogação de todas as medidas deste governo”.

“Mais de 300 mil famílias perderam o benefício do Bolsa Família; dezenas de trabalhadores perderam suas licenças no INSS. Esta é uma política de governo que subtrai direitos sociais, políticos e econômicos dos trabalhadores. A nossa pauta é Lula livre, retomada da democracia e dos direitos que perdemos e, aqui em Sergipe, queremos a revisão do reajuste salarial do funcionalismo, a reestruturação da carreira dos professores e a defesa da Fafen, uma fábrica estratégica, e nós não aceitamos seu fechamento ou privatização”, pontuou.

Títulos

Ana Lula anunciou que no próximo dia 22 seu mandato na Assembleia Legislativa estará concedendo o Título de Cidadão Sergipano aos sindicalistas Rômulo e Edmilson, que fizeram história como presidentes da Central Única dos Trabalhadores.

Luto

A parlamentar encerrou seu pronunciamento anunciando o falecimento do líder sindical Antônio Gomes de Souza, mais conhecido como “Antônio Baldaraque”, do Assentamento Morro do Chaves, no município de Propriá.  “Ele foi um fundadores da CUT em Sergipe e infelizmente partiu hoje”.

“Amanhã esta Casa estará aprovando nosso requerimento de pesar. Deixo aqui nossa solidariedade e nosso abraço fraterno. Ele não foi o líder apenas do assentamento, mas acompanhou Dom José Brandão pelo Baixo São Francisco em defesa da reforma agrária, lutando pela distribuição das riquezas”, completou Ana Lula.

 

Da Agência de Notícias Alese

 

Foto: Jadílson Simões