Por Stephanie Macêdo – Rede Alese

O deputado Dilson de Agripino (Cidadania) solicitou ao governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), que o projeto da obra de ampliação da Estação de Tratamento de Água  (ETA) da Barragem do Rio Jabiberi  seja apreciado pelo  Governo de Sergipe e assim ocorra a melhoria  na qualidade e fornecimento de água  da cidade de Tobias Barreto.

Segundo explicou o deputado Dilson de Agripino, que já foi prefeito da cidade de Tobias, o município vem passando por  reincidentes crises hídricas, e que a ampliação da barragem  seria imprescindível para a melhoria da distribuição de água na cidade.

“Tobias vem ocupando noticiário no cenário estadual pela crise hídrica que tem afetado significativamente a população daquela cidade, sobretudo depois da escassez de água de sua principal fonte de captação de água, a Barragem do Rio Jabiberi, no ano de 2018 e início do ano de 2019. Dentre os vários fatores que tem afetado o desabastecimento de água na cidade, destacamos a dificuldade de remanejamento da água, haja visto na sede do município possuir apenas uma estação de tratamento, dificultando o manejo contínuo da água para o conjunto da cidade, a qual teve uma relevante expansão imobiliária nos últimos anos”, justificou o deputado, autor da Indicação 21/2020.

Falta de água

Segundo ainda declarou Dilson,  a região abrangida pelas unidades dos conjuntos Irmã Dulce, Padre Pedro e adjacências, tem tido bastante afetada, fazendo com que a implantação de uma ETA para viabilizar a distribuição de água a centenas de famílias se tomasse uma medida urgente a ser adotada pelo governo, através da Companhia de Saneamento do Estado de Sergipe, a Deso.

“Considerando a capacidade de instalação e novos filtros para facilitar o tratamento da água, como também o aproveitamento dos milhares de metros cúbicos de rejeito que hoje são descartados diretamente no esgoto sanitário da sede do município e que pode ser utilizado para manutenção do perímetro irrigado, indico a ampliação da ETA na Barragem do Rio Jabiberi para que seja garantida a máxima qualidade da água fornecida na cidade e também como forma de preservar o meio ambiente, já que a água com rejeitas que é descartada, passará a ser utilizada na própria natureza”, avalia Dilson de Agripino na sua propositura apresentada na Casa Legislativa.

Foto: Site Cohidro