Na manhã desta segunda- feira, 29, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), o deputado estadual Luciano Bispo (PMDB), recebeu em seu gabinete a visita do presidente da Academia Sergipana de Letras, José Anderson Nascimento,  a fim de tratar da quinta edição do Projeto”Realizadores – Marcando História”. Uma iniciativa da Casa Legislativa em parceria com a Academia Sergipana de Letras.

O projeto, tem o objetivo contribuir para a conservação da história de Sergipe tanto na esfera cultural, quanto do legislativo do Estado. Desta vez, o homenageado será  Pedro Barreto de Andrade, celebrando o centenário de nascimento. O evento, será realizado no dia 02 de abril, em sessão especial, no plenário do Poder Legislativo, que recebe o nome do galardão. A reunião, contou com a presença do filho do filho do homenageado o jornalista Pedrito Barreto, da chefe do cerimonial da Alese, Laura Kummer, do diretor de comunicação, Marcos Aurélio e da esposa do deputado, Roseli Bispo.

Para Anderson Nascimento, Pedro Barreto de Andrade foi um proeminente representante do partido social democrático, umas das lideranças de Sergipe. Advogado, professor,  desembargador, deputado estadual por quatro legislaturas. Portanto,  se trata de momento oportuno para as instituições envolvidas prestar uma justa homenagem, disse acrescentando “Pedro deixou um legado num momento muito difícil para o Estado – firmação da democracia”.

Segundo Luciano Bispo, logo que chegou ao parlamento percebeu que quase não tinha informações sobre a história da Assembleia, e que través do Projeto Realizadores, em parceria com a Academia de Letras, foi possível além de fazer a história da Casa, homenagear aqueles que contribuíram com o parlamento e com Sergipe através do centenário. “Um homem de personalidade forte, político do PSD, que fazia oposição ao DEM,tido como um homem valente, dinâmico, culto e muito disposto”, ressaltou o presidente do Parlamento.

Segundo Pedrito Barreto, filho do homenageado, a honraria trata-se do reconhecimento do seu valor enquanto homem público. “Estou muito feliz. Meu pai era um homem muito sério, comprometido com o trabalho”.

ALM_9452

 

Por Agência de Notícias Alese

Fotos: Jadilson Simões e Luciana Botto