Nesta segunda-feira (24), às 17 horas, a Assembleia Legislativa de Sergipe realizará a solenidade de entrega de Título de Cidadão Sergipano ao advogado Carlos Augusto Monteiro Nascimento.
A propositura é de autoria do deputado estadual, Venâncio Fonseca (PP), aprovado por unanimidade pela casa.  A solenidade será realizada no plenário Deputado Pedro Barreto de Andrade.

 

Conheça um pouco mais do homenageado:

 

Carlos Augusto Monteiro Nascimento, filho dos lagartenses Josepha Edite Monteiro Nascimento e José Vieira do Nascimento Neto, pai de Rodrigo Lima Nascimento (07 anos). Originário de família humilde, neto de sapateiro e filho de um serralheiro, nasceu em 16/07/1963, na capital do Rio de Janeiro.

A partir do ano de 1986, logo após a conclusão do seu curso em Bacharel em Direito, passou a residir no município de lagarto, Estado de Sergipe, local em que todos os anos passava suas férias escolares.

Em 2006, foi eleito Vice-Presidente da agremiação futebolística “Lagartense Futebol Clube”, onde logo depois passou a assumir interinamente a Presidência daquela Instituição naquele mesmo ano.

Atuou no município de Lagarto em diversas eleições na condição de Presidente de Mesa, auxiliar de juiz, contribuindo, portanto, para o bom andamento dos processos eleitorais daquele município. Além disso, lecionou no Colégio Ceneticista Laudelino Freire, e atuou como defensor dativo em diversas oportunidades no município de Lagarto e nas Comarcas adjacentes.

Participou ativamente do desenvolvimento do esporte amador daquele município, ora na condição de atleta, ora como advogado, defendendo jogadores e agremiações esportivas nos Tribunais locais junto à FSF – Federação Sergipana de Futebol.

Em 04/03/1996, associado nos quadros de inscritos da OAB/SE, foi designado como um de seus representantes para compor a Comissão Municipal de Assistência Social do município de Lagarto.

No Triênio 1998-2000, foi nomeado Presidente da Regional Centro-Sul da OAB/SE, pelo então Presidente da OAB/SE, Raimundo Cezar Britto Aragão, tendo cumprido efetivamente seu papel até o final da Gestão.

No Triênio 2007/2009, na condição de Conselheiro Federal, foi nomeado como Presidente da Comissão de Mediação, Conciliação e Arbitragem, e Vice Presidente da Comissão de Sociedade de Advogados do Conselho Federal da OAB.

Eleito Presidente da OAB/SE, através de pleito eleitoral para o Triênio 2010-2012, em 29/03/2012, foi nomeado pelo Presidente do Conselho Federal da OAB como membro do Conselho para o FIDA (Fundo de Integração e Desenvolvimento Assistencial dos Advogados), e que tem por objetivo principal a aprovação dos pedidos de liberação de recursos para aquisição de bens patrimoniais das Caixas de Assistência dos Advogados, bem como os demais projetos desenvolvidos por estas.

Palestrante, conferencista, debatedor e Presidente de mesa em diversos eventos locais e nacionais, participou de diversas discussões no Estado de Sergipe, como também em diversos Estados da Federação, em defesa das bandeiras da Ordem, a exemplo da defesa das prerrogativas dos advogados, em defesa dos Direitos Humanos, do fortalecimento das Instituições, e do estado democrático de direito, além das diversas ações em favor da advocacia e da sociedade sergipana, levando principalmente conhecimento aos estudantes de Direito, e aos de ensino fundamental e médio do nosso Estado. Detentor de honrarias, e comendas outorgadas por várias entidades do nosso Estado.

Possui bacharelado em Direito pela Sociedade Unificada Augusto Motta desde 1986. Iniciou sua participação na Seccional Sergipe no Triênio 1998-2000, exercendo o cargo de Presidente da Regional de Lagarto, passando a assumir a vaga de Conselheiro Seccional no Triênio 2001/2003. No Triênio seguinte (2004-2006), foi eleito Diretor-Tesoureiro da Seccional, no Triênio 2007-2009, assumiu o Conselho Federal representando o Estado de Sergipe.

Há 28 anos atua como advogado no Estado de Sergipe, labutando nas mais diversas áreas do Direito, sobretudo no campo empresarial (administrativo, arbitragem e mediação, comercial, contencioso judicial cível, direito bancário, família e sucessões, minerário, previdência privada, relações de consumo, responsabilidade civil, trabalhista e tributário).

Em 2009, passou a ocupar o mais alto posto da Seccional, como Diretor-Presidente para o Triênio 2010-2012, sendo reconduzido para o Triênio 2013/2015 através de chapa única, feito inédito na OAB/SE, a qual obteve um índice de 72% de comparecimento dos advogados sergipanos, atingindo também um recorde histórico Seccional.

 

JUSTIFICATIVA

 

Carlos Augusto Monteiro Nascimento, filho dos lagartenses Josepha Edite Monteiro Nascimento e José Vieira do Nascimento Neto, originário de família humilde, neto de sapateiro e filho de um serralheiro, nasceu em 16/07/1963, na capital do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro.

A partir do ano de 1986, logo após a conclusão do seu curso em Bacharel em Direito, passou a residir no município de lagarto, Estado de Sergipe, local em que todos os anos passava suas férias escolares.

 

Em 2006, foi eleito Vice-Presidente da agremiação futebolística “Lagartense Futebol Clube”, onde logo depois passou a assumir interinamente a Presidência daquela Instituição naquele mesmo ano.

Atuou no município de Lagarto em diversas eleições na condição de Presidente de Mesa, auxiliar de juiz, contribuindo, portanto, para o bom andamento dos processos eleitorais daquele município. Além disso, lecionou no Colégio Ceneticista Laudelino Freire, e atuou como defensor dativo em diversas oportunidades no município de Lagarto e nas Comarcas adjacentes.

Participou ativamente do desenvolvimento do esporte amador daquele município, ora na condição de atleta, ora como advogado, defendendo jogadores e agremiações esportivas nos Tribunais locais junto à FSF – Federação Sergipana de Futebol.

Em 04/03/1996, associado nos quadros de inscritos da OAB/SE, foi designado como um de seus representantes para compor a Comissão Municipal de Assistência Social do município de Lagarto.

No Triênio 1998-2000, foi nomeado Presidente da Regional Centro-Sul da OAB/SE, pelo então Presidente da OAB/SE, Raimundo Cezar Britto Aragão, tendo cumprido efetivamente seu papel até o final da Gestão.

No Triênio 2007/2009, na condição de Conselheiro Federal, foi nomeado como Presidente da Comissão de Mediação, Conciliação e Arbitragem, e Vice Presidente da Comissão de Sociedade de Advogados do Conselho Federal da OAB.

Eleito Presidente da OAB/SE, através de pleito eleitoral para o Triênio 2010-2012, em 29/03/2012, foi nomeado pelo Presidente do Conselho Federal da OAB como membro do Conselho para o FIDA (Fundo de Integração e Desenvolvimento Assistencial dos Advogados), e que tem por objetivo principal a aprovação dos pedidos de liberação de recursos para aquisição de bens patrimoniais das Caixas de Assistência dos Advogados, bem como os demais projetos desenvolvidos por estas.

Palestrante, conferencista, debatedor e Presidente de mesa em diversos eventos locais e nacionais, participou de diversas discussões no Estado de Sergipe, como também em diversos Estados da Federação, em defesa das bandeiras da Ordem, a exemplo da defesa das prerrogativas dos advogados, em defesa dos Direitos Humanos, do fortalecimento das Instituições, e do estado democrático de direito, além das diversas ações em favor da advocacia e da sociedade sergipana, levando principalmente conhecimento aos estudantes de Direito, e aos de ensino fundamental e médio do nosso Estado. Detentor de honrarias, e comendas outorgadas por várias entidades do nosso Estado. Vem participando ativamente da discussão do Plano Diretor de Aracaju, desde o  ano de 2010.

Desde 2011, vem destacando o Estado de Sergipe no cenário nacional, a exemplo da VII Conferência Estadual dos Advogados, que teve a participação do então Presidente da República, em exercício, o constitucionalista Michel Temer em 2011.

Em parceria com o Conselho Federal da Ordem, em novembro de 2013, trouxe ao nosso Estado aproximadamente dois mil e quinhentos advogados que participaram do XIV Campeonato Nacional de Futebol dos Advogados – considerado o segundo maior evento do Conselho Federal da OAB -, e do I Campeonato Nacional de Vôlei de Praia dos Advogados, oportunidade em que Sergipe tornou-se centro das atenções dos advogados presentes, tendo em vista que reunirá em terras sergipanas mais de vinte e duas seccionais do sistema OAB.

De lá pra cá, à frente da Ordem, vem promovendo eventos com participação efetiva de grandes juristas, legisladores, e autoridades de renome estadual e nacional.

Com Informações: Ascom OAB/SE

Arte: Camila Ramos