Por Assessoria de Imprensa

A Câmara de Vereadores de Propriá, município a 97 quilômetros de Aracaju, entregou na noite desta quinta-feira (5), o título de cidadão propriaense ao deputado estadual Francisco Gualberto (PT). A solenidade aconteceu no plenário da Câmara e contou com as presenças de parlamentares municipais, do prefeito Iokanaan Santana, do ex-deputado estadual Venâncio Fonseca, do presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe, deputado Luciano Bispo, além de várias autoridades municipais e comunidade propriaense.

“Quero dizer que para qualquer pessoa que esteja na política, receber um título de cidadão é uma honraria. A vaidade aumenta, no bom sentido. Estou muito feliz por estar recebendo esse título hoje nesta Casa”, afirmou Gualberto. Além de fazer uma contundente defesa das casas parlamentares, o deputado também mostrou no seu discurso uma série de ações políticas que desencadearam em benefícios para a população de Propriá. “Nasci em São Cristóvão, mas vou poder dizer que também sou filho de Propriá, por direito. E não se trata de uma cidade qualquer. Tem grande importância na história de Sergipe. E isso faz esse recebimento de título muito gratificante para mim”, disse.

O autor da homenagem foi o vereador Heldes Guimarães (PT), parlamentar ativo que presta grande serviço a diversas localidades em Propriá. Para ele, Gualberto representa “um operário amigo, irmão, que trabalha muito por Sergipe, e agora vai trabalhar mais por Propriá”. Para o presidente da Câmara, vereador José Aelson, o parlamento municipal se sente honrado com as homenagens a pessoas que “verdadeiramente já contribuíram e ainda podem contribuir muito mais com Propriá”.

O presidente da Alese, Luciano Bispo, fez grandes elogios a Gualberto e o parabenizou pela homenagem recebida. “A política passa, mas as amizades têm que continuar. E Gualberto é um político de palavra, autêntico. É meu líder. O meu sucesso na presidência da Assembleia agradeço primeiro a Deus, depois a Gualberto e a Venâncio, pois eram os dois deputados mais experientes e mais inteligentes daquela Casa. Quando cheguei na Assembleia eu vinha do Executivo, e para me dar bem tive que contar com a ajuda dos dois”, disse Luciano.

Venâncio Fonseca, que durante anos travou grandes debates com Gualberto na tribuna da Alese, também o saudou com admiração e respeito. “Aqui quero dar um depoimento sobre uma amizade que foi construída através do contraditório, das divergências, mas acima de tudo, do respeito”, frisou Venâncio. “Francisco Gualberto é um grande ser humano, homem competente, digno, autêntico, duro, defensor de suas convicções e ideologia, do seu projeto político, mas acima de tudo, leal. É humilde, chegando ao ponto de pedir desculpa quando comete algum excesso, algo que pode acontecer com qualquer ser humano”, disse o ex-deputado.

Para ele, Francisco Gualberto “orgulha o Poder Legislativo, orgulha a classe política, orgulha o seu Estado e seus amigos. E é uma satisfação muito grande para mim fazer parte do rol de suas amizades. Na vida política construí vários amigos, mas depois a gente vai fazendo uma seleção. E da seleção dos amigos que fiz, Gualberto é o ponta esquerda”, completou Venâncio Fonseca.

O homenageado Francisco Gualberto nasceu no povoado Caípe Velho, município de São Cristóvão, em 23 de maio de 1956. Foi vereador por Aracaju (2000-2003) e atualmente exerce o quinto mandato consecutivo como deputado estadual. Na mesma solenidade foram homenageados também com títulos de cidadão e honra ao mérito Taislane de Melo Costa (árbitra de futebol da FIFA), Lourival Ventura dos Santos (ex-jogador de futebol), Carlos Deivid de Sousa Felix (ativista religioso) e Caíque Macedo Barreto.

Foto: Divulgação Ascom