O deputado estadual Valmir Monteiro (PSC) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, na manhã dessa quarta-feira (4), para repudiar os ataques preconceituosos proferidos por pessoas de outras regiões, em especial do Sudeste, contra Lagarto e o Estado de Sergipe, através de diversas redes sociais, por conta a decisão do juiz da Vara Criminal do município, Marcel Maia Montalvão, que essa semana determinou o bloqueio do aplicativo WhatsApp, por 72 horas, atendendo a um pedido da Polícia Federal, para pressionar a empresa a liberar informações sobre uma quadrilha de tráfico de drogas.

Valmir não entrou no mérito da decisão do magistrado, reconheceu que a mesma ganhou repercussão nacional porque 100 milhões de usuários ficaram sem utilizar o aplicativo, mas enfatizou as qualidades do juiz de Lagarto. “Dr. Marcel é uma pessoa de bem, uma figura pública respeitada, um homem estudioso e conhecedor do Direito, que tem uma história de vida de muita superação. Não vou levar o debate para o campo jurídico, mas me senti na obrigação de reconhecer os méritos do magistrado”.

Valmir chamou a atenção dos demais deputados para o fato de o juiz de Lagarto passar a ser investigado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por conta do bloqueio do aplicativo. Em seguida, ele reconheceu a importância da tecnologia, mas chamou a atenção também para os problemas que ele gera, sobretudo, mudando a rotina da vida de algumas pessoas. “As pessoas mudaram a forma de se relacionar. Não se conversa mais. Tem gente que deixa de se alimentar corretamente para ficar grudado no WhatsApp”.

Mais adiante, o deputado saiu em defesa do Estado de Sergipe. “Não podemos ficar calados, não podemos aceitar em ver as pessoas do Sul e Sudeste do País agredindo o nosso Estado, a nossa gente! Sergipe merece respeito, é terra de homens sérios e grandes personalidades, como o ex-governador e ex-deputado Marcelo Déda (in memoriam), Albano Franco, João Alves Filho, o senador Valadares, Seixas Dória, o ex-ministro Carlos Britto, João Ribeiro, Tobias Barreto e tantas outras personalidades. Sergipe tem uma história muito bonita e que deve ser respeitada”, disse, cobrando do governo do Estado que intensifique as campanhas para divulgar as nossas potencialidades em outras regiões do País.

“Como também o nosso município de Lagarto, com grandes figuras, como Sílvio Romero, Laudelino Freire, Monsenhor Daltro, o próprio Joel Silveira e o empresário Henrique Prata, que está focado na construção do Hospital do Câncer. O que dizer do Grupo Maratá, conhecido não apenas no Brasil, como no Mundo inteiro? E o Grupo Santa Inês no Agronegócio? Sem contar em outras áreas, como no futebol, onde temos um dos melhores jogadores do mundo na atualidade, que é Diego Costa. Lamentável esses ataques preconceituosos contra Lagarto, terra de um povo trabalhador e honesto. Coisa de gente infeliz que não sabe o que é ter orgulho de ser lagartense”, completou o deputado.

Apartes

O deputado estadual Garibalde Mendonça (PMDB) assegurou que vai apresentar uma Moção de apoio ao juiz Marcel Maia Montalvão e Valmir Monteiro assegurou que vai subscrevê-la, que dará todo o apoio e espera o mesmo compromisso dos demais deputados da Assembleia Legislativa.

Já o também deputado Gilson Andrade (PTC) reconheceu não ser um grande usuário do aplicativo em questão, mas ficou favorável ao bloqueio do WhatsApp. “Vi ataques contra o juiz inclusive de sergipanos! Pessoas que não tem o devido conhecimento da questão em pauta e se acham no direito de dizerem o que vem na cabeça. O aplicativo estava sendo usado pelo tráfico de drogas e o juiz agiu em defesa dos interesses da população. As pessoas não dialogam mais, não conversam. Fica cada um no seu mundo! Acho que as relações melhoraram com o bloqueio desse aplicativo”.

A deputada Ana Lúcia (PT) considerou absurda a possibilidade de punição ao magistrado. “Primeiro nós observamos o preconceito das pessoas de outras regiões com Sergipe e com Lagarto. Com o Nordeste! São ideias preconceituosas que estão circulando nas redes sociais. Agora tem a preocupação também com o tráfico de drogas. Chegou-se ao ponto da Polícia Federal pedir o bloqueio (do aplicativo) para conseguir chegar aos traficantes. Eu não acredito que esse juiz seja punido pelo CNJ. Ele merece é ser premiado! Um homem corajoso, que já sofreu muitas ameaças e anda de colete e carro blindado por conta de uma perigosa quadrilha que atua na Bahia, Sergipe e Alagoas”.

Abuso  

Antes de encerrar seu pronunciamento, Valmir Monteiro parabenizou a Secretaria de Segurança Pública que, na manhã de hoje (4), conseguiu capturar um servidor da Prefeitura de Lagarto, morador do município de Simão Dias, acusado de abusar de uma criança de 10 anos. “A SSP agiu rápido e não mediu esforços para prender esse marginal! Não conheço essa pessoa, mas ela será apresentada para toda a sociedade pela SSP. A criança está internada em estado grave e nós já entramos em contato para dar todo apoio a esta família”.

Por Ascom Parlamentar Dep. Valmir Monteiro – Lucas Brasil