Tradicional Festa das Barracas entra no Calendário Oficial de Eventos do Estado

Por Shis Vitória

Tendo sua primeira edição em 2003, a partir de uma iniciativa das escolas públicas do município de Nossa Senhora Aparecida, a denominada Festa das Barracas tornou-se um dos maiores festivais juninos do Estado de Sergipe ao reunir, anualmente, milhares de pessoas para celebrar um dos períodos mais comemorados pelos nordestinos: o mês de junho. A festa promove shows com artistas locais e de renome nacional, apresentações de quadrilhas, danças juninas, além do festival gastronômico de comidas típicas produzidas e vendidas pelos alunos do município.

Deputado estadual Talysson de Valmir. Foto: Alese/Joel Luiz

Com o intuito de fortalecer a tradição do evento foi declarada, em julho de 2021, a Festa das Barracas como Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado de Sergipe e a inserção no Calendário Oficial de Eventos do Estado. A solicitação do deputado estadual Talysson de Valmir (PL) resultou na Lei Nº 8.867/2021. A sanção governamental foi publicada no Diário Oficial no dia 09 de julho do mesmo ano (edição nº 28.705).

“Além de uma manifestação cultural, a Festa das Barracas constitui um movimento educacional que promove o trabalho em grupo entre os alunos, com incremento de lições de empreendedorismo na medida em que estes são estimulados a conseguir maior lucro com a venda dos produtos típicos durante o evento, cuja renda é revertida em benefício dos próprios jovens. O reconhecimento de manifestações como a Festa das Barracas é uma garantia de que passado o período de distanciamento social, em virtude da pandemia da Covid-19, as tradicionais festas serão lembradas e estarão garantidas. Resguardando nossas festas e manifestações culturais estaremos protegendo a própria identidade dos sergipanos”, justificou o parlamentar.

PROJETO DE LEI

O Projeto de Lei Ordinária de nº 130/2021, de autoria do deputado Talysson de Valmir (PL), que reconhece como Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Sergipe a Festa das Barracas e a insere no Calendário Oficial de Eventos do Estado foi aprovado, por unanimidade, na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese).

Foto: Governo de Sergipe

Outras notícias para você