Talysson participa de audiência pública sobre a falta de água nos perímetros irrigados de Itabaiana

12/4/2022

Por Assessoria Parlamentar

Na última sexta-feira, 08, em audiência pública realizada na Câmara de Vereadores de Itabaiana, o Deputado Estadual Talysson de Valmir defendeu os agricultores de Itabaiana, mais especificamente os dos perímetros irrigados que atendem a mais alguns municípios do agreste. A audiência contou com a presença de vários agricultores, com a participação dos vereadores da cidade, do Prefeito Adailton Souza e com o Diretor-presidente da COHIDRO, Paulo Sobral. Soluções e explicações foram cobradas na situação.

Para Talysson, “Não é justo que os nossos agricultores dos perímetros irrigados paguem por uma inadimplência da DESO que não possui nenhum plano B para a falta de água no estado. Eu entendo que a falta de chuvas prejudica bastante a região, mas precisamos lembrar que as barragens foram construídas para uso da agricultura, remanejá-las quase totalmente para consumo humano e esquecer dos agricultores não é justo”. O parlamentar cobrou ainda mais investimentos em tecnologias e em maquinários novos.

(Paulo Sobral, Adailton Souza, Marcos Oliveira, Adelson e Talysson)

Adelson da Cajaíba, que é líder comunitário e presidente da Associação dos Pequenos Produtores Rurais, detalhou algumas das dificuldades enfrentadas com a suspensão da irrigação. “Nós sabemos que o problema também está na situação climática, mas sabemos que temos problemas técnicos. A represa não foi limpa, o assoreamento não foi suficiente e várias outras coisas que técnicos podem explicar melhor. Temos pagado uma fatura altíssima mesmo sem produzir e centenas de famílias estão passando necessidade em virtude disso”, declarou Adelson.

Paulo Sobral, Diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), também detalhou alguns problemas que têm atrapalhado o funcionamento da irrigação nos perímetros. Para ele, “Nós não tivemos, infelizmente, um ano farto em chuvas, o que prejudica ainda mais a nossa situação. Temos comprado os equipamentos necessários para reestruturar as barragens, mas o processo licitatório é demorado e somos reféns do tempo. Além disso, a DESO tem priorizado o abastecimento para consumo humano em detrimento da irrigação, também pelo baixo nível de chuvas na região”, explica Paulo.

(Agricultores e representantes das associações do município)

A audiência foi dirigida pelo Presidente do legislativo de Itabaiana, Marcos Oliveira, e foi aberta à participação dos demais vereadores, com questionamentos, e dos agricultores presentes. Algumas ações foram propostas e prometidas pelo Diretor da Companhia como: Limpeza e revitalização da barragem e melhorias na infraestrutura (prevista para a próxima semana); Isenção de taxas durante o período de suspensão da água; Linhas de crédito para os pequenos produtores rurais; Um sistema de refinanciamento para aqueles que estão em débitos.

Foto: Assessoria

Outras notícias para você