Superintendente de Recursos Hídricos apresenta relatório aos deputados

Publicada: 13/12/2022 às 12:29

Por Aldaci de Souza – Agência de Notícias Alese 

O Grande Expediente da Sessão Plenária desta terça-feira, 13,  na Assembléia Legislativa de Sergipe, foi reservado para uma palestra do titular da Superintendência Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (SERHMA) da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDUBS), Ailton Francisco da Rocha.  Ele apresentou o relatório de Gestão de Recursos Hídricos -2022, destacando entre os avanços, a implantação do Plano Estadual de Educação e um convênio com o Ministério da Cidadania, visando beneficiar catadores de lixo. 

Deputados atentos à explanação do superintendente de Recursos Hídricos

Em termos de recursos hídricos, Ailton Rocha destacou o Plano de Segurança de Barragens, o monitoramento dos reservatórios e das águas superficiais, o fortalecimento da fiscalização e da governança. “Na área ambiental a gente destaca a implantação da TCFA (Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental), o Plano de Manejo e das Unidades de Conservação e suas reformas, além do funcionamento da Câmara de Compensação Ambiental, como também em fase de conclusão, o Plano Estadual de Educação Ambiental”, ressalta acrescentando a elaboração do Zoneamento Ecológico do litoral sergipano, já tendo sido cumpridos os litorais Sul e Norte, estando sendo cumprido, o litoral centro.

Na apresentação, o superintendente observou a importância do Plano Estadual de Educação Ambiental. “Esse plano vai ser um ganho muito grande, pois vai estabelecer as diretrizes da implantação da política de educação ambiental  no estado e dentro desse foco conscientizar cada vez mais os nossos produtores rurais, para que além de carne, leite e grãos, eles possam produzir água também”, observa.

Ailton Rocha destacou  um convênio com o Ministério da Cidadania. “Esse convênio é de extrema relevância pois o Estado de Sergipe é pioneiro na implantação da política de resíduos sólidos em 2005, antecedendo a lei nacional que é de 2010. Nós tivemos a felicidade de em 2014, firmar esse convênio com o Ministério e a partir daí a gente pôde elaborar o Plano Estadual de Resíduos Sólidos; capacitar e organizar os catadores de lixo (1.800 cadastrados), com apoio do SEBRAE, em forma de associações e essas associações foram transformadas em cooperativas, que hoje se transformaram em empreendimentos e hoje estão sendo agraciadas com equipamentos que vão permitir que possam fazer a reciclagem do lixo, num trabalho entre o Governo de Sergipe e os consórcios criados com apoio das prefeituras”, explica.

Após a explanação, o presidente da Alese, deputado Luciano Bispo (PSD), agradeceu ao superintendente Especial de Recursos Hídricos e Meio Ambiente de Sergipe. “Agradeço e parabenizo o professor Ailton Rocha pela brilhante explanação sobre os avanços dos recursos hídricos em nosso estado”, diz.

O deputado Luciano Pimentel (PP) e a deputada Maria Mendonça (PDT) parabenizaram o palestrante. “Parabenizo o professor Ailton, que faz um trabalho com muita maestria na superintendência. é um grande técnico que o Estado de Sergipe tem, que merece ser reconhecido e valorizado pelo que representa. Nessa apresentação me chamou a atenção, o convênio que a  superintendência tem com o Ministério da Cidadania, para apoiar catadores de recicláveis para a inclusão sócio-ambiental e produtiva”, enfatiza.

“Foi demonstrado aqui, que o nosso estado de fato está sendo estruturado para os cuidados com o meio ambiente e com os nossos recursos hídricos. Eu saio muito feliz dessa sessão de hoje, sabendo que o corpo técnico da SERHMA está fazendo um trabalho esplendoroso que vai marcar o futuro quanto as cuidados e a educação ambiental junto à população. Os cuidados com os recursos hídricos devem ser uma realidade de todos nós”, afirma Maria Mendonça.

Fotos: Jadilson Simões