Sintasa e Sindconam-SE buscam apoio de Kitty Lima para equiparação de reajuste salarial de 34% do Governo do Estado

Publicada: 15/03/2022 às 17:15

15/3/2022

Por Assessoria Parlamentar

A deputada estadual Kitty Lima (Cidadania) recebeu na manhã desta terça-feira, 15, representantes do Sindicato dos Trabalhadores na Área da Saúde do Estado de Sergipe (Sintasa) e do Sindicato dos Condutores de Ambulância do Estado de Sergipe (Sindconam-SE) que buscaram o apoio da parlamentar para fortalecer a pauta de reivindicações relacionada à equiparação do reajuste salarial em 34%, promovido pelo Governo do Estado, às demais categorias da Administração Direta e Indireta.

Na última segunda-feira, 14, a Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) recebeu Projetos de Lei do Governo do Estado sobre os reajustes dos servidores estaduais, bem como a criação de gratificação e outros benefícios. Um dos projetos trata do reajuste, em até 34,44%, do salário dos servidores públicos da Administração Direta e Indireta, entre ativos e inativos. Serão beneficiados mais de 13 mil servidores que contemplam um grupo formado por trabalhadores da Administração Pública Geral (PCCV Nível Básico, Médio e Superior).

No entanto, de acordo com o presidente do Sintasa, Augusto Couto, algumas categorias serão beneficiadas com apenas 5% de reajuste, uma “injustiça” com os cerca de 4 mil servidores do Sintasa, na opinião do sindicalista.

“Queremos que a nossa situação seja olhada com mais atenção, principalmente a da enfermagem, servidores que estão na lida diária ajudando a salvar vidas e colocando as suas próprias vidas em risco, a exemplo do que tem ocorrido durante esta pandemia. Infelizmente, ao anunciar esse reajuste, o Governo do Estado concedeu apenas 5% para os trabalhadores da Fundação Hospitalar, Funesa [Fundação Estadual da Saude de Sergipe] e Instituto Parreiras Horta, enquanto outros receberão aumento de 34%. Nosso pleito aqui é para que esse reajuste ocorra de forma linear para todos os trabalhadores, principalmente para nós da Saúde. Por isso buscamos o apoio da deputada Kitty Lima porque conhecemos o trabalho comprometido e sério dela em prol das categorias e dos trabalhadores”, pontuou Couto.

“Queremos que a deputada nos ajude nesse diálogo com a Casa Legislativa para pressionar o Governo do Estado a equiparar todas as categorias da Saúde no reajuste de 34%, todas elas têm a sua importância e merecem esse reconhecimento”, disse o representante.

O Sintasa representa os auxiliares e técnicos em enfermagem e servidores administrativos ligados à Saúde, inclusive profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Para o presidente do Sindconam-SE, Robério Batista, é importante que os deputados estaduais somem força e abracem a luta dessas categorias.

“Queremos que está Casa nos ajude a rever junto ao Governo do Estado essa recomposição salarial que para nós é uma injustiça com alguns servidores como os ‘raias míudas’, como nós condutores de ambulância somos conhecidos. Somente no Samu somos cerca de 300 condutores de ambulância que estão nas ruas diariamente salvando vidas, não é justo que depois de tantos anos de perdas o Governo do Estado decida promover esse reajuste e nos beneficie apenas com um aumento de 5%, diferentemente das demais categorias que terão 34%”, pontuou Robério.

Durante o encontro, Kitty Lima se comprometeu em intermediar o diálogo dos trabalhadores com o presidente da Alese, Luciano Bispo, e pressionar assim a gestão de Belivaldo Chagas a equiparar o reajuste dos servidores do Sintasa e Sidconam-SE aos 34% prometidos às demais categorias.

“Ouvi atentamente a demanda deles e é inquestionável a relevância desses profissionais para o funcionamento e atendimentos dos serviços de saúde do nosso estado, por isso eu acredito que eles devem sim ser beneficiados com os 34% de reajuste. São vários anos sem aumento de salário e por isso a gestão estadual precisa observar com mais cautela a situação desses profissionais”, disse.

“Falarei diretamente com o presidente Luciano Bispo e buscarei intermediar esse diálogo da Casa com as categorias, além de pedir o apoio dos meus colegas deputados para fortalecemos a luta desses trabalhadores que merecem o reconhecimento digno. O governador Belivaldo Chagas precisa respeitar e reconhecer o papel desses guerreiros e guerreiras que salvam vidas”, garantiu Kitty Lima.

Foto: Assessoria

Outras notícias para você