O nome Riachão do Dantas teve origem num riacho, que passava próximo à cidade. Em 1943, “Dantas” foi acrescentado para homenagear João Dantas Martins dos Reis, chefe político de grande importância: vice-presidente da Província de Sergipe, dono de engenho e um dos doadores do patrimônio da Paróquia Nossa Senhora do Amparo – padroeira da cidade.