Professores recebem Cidadania Sergipana na Alese

/, Notícias, Últimas Notícias/Professores recebem Cidadania Sergipana na Alese

Professores recebem Cidadania Sergipana na Alese

Atendendo a uma indicação da deputada estadual Ana Lula (PT), a Assembleia Legislativa concedeu o Título de Cidadão Sergipano para os professores Tadeu Cunha Rebouças e Maria da Conceição Maia Rebouças, em solenidade realizada no plenário da Casa, no final da manhã dessa quarta-feira (10). Diversos amigos e familiares dos homenageados estiveram presentes prestigiando a homenagem.

Ao justificar a condecoração, a deputada estadual Ana Lula falou da satisfação em homenagear e distinguir as trajetórias de vida de dois educadores que fizeram muito por Sergipe e que, segundo ela, construíram uma brilhante trajetória profissional, mas também afetiva, “que os credencia de modo incontroverso, para além de qualquer título ou formalidade, como cidadãos sergipanos”.

Ana Lula destacou que Tadeu e Conceição Rebouças chegaram a Sergipe em 1975, durante o regime militar, período marcado pela morte do jornalista Vladimir Herzog nas dependências do DOI-CODI de São Paulo. “Também em 1975 foi criado o Movimento Feminino pela Anistia. A atuação profissional de Tadeu em Sergipe não se limitou ao ambiente universitário. Por mais de uma década foi instrutor do Projeto de Formação e Desenvolvimento de Pessoal junto à Petrobras, colaborando com instituições como o Ministério da Agricultura, Banese, o Governo de Sergipe e a Escola Nacional de Saúde Pública”.

A deputada explicou que ele também marcou presença na constituição de um grupo de intelectuais orgânicos da Universidade Pública que contribuiu, decisivamente, para redesenhar, após transição democrática, a gestão pública de Sergipe. “Desse grupo despontaram quadros como Marcelo Deda. Tadeu é conhecido como o ‘professor’, apelido que expressa um reconhecimento social com significado mais profundo e valoroso”.

Já sobre Conceição Rebouças, Ana Lula disse que “em sua apaixonada trajetória de educadora junto à Secretaria de Estado da Educação, atuou em diversas frentes, ocupando inúmeras funções de destaque, chegando a coordenar o Grupo de Elaboração do Atlas Geográfico de Sergipe e foi Organizadora do Arquivo do Instituto de Educação Rui Barbosa (Escola Normal) entre 1985 e 1992”.

Em seguida a deputada registrou o empenho e o comprometimento de Conceição Rebouças com a Educação das camadas populares. “É difícil dissociar o casal formado por Tadeu e Conceição. Ela atravessou o Oceano Atlântico, desde Portugal; ele deixou as falésias e as carnaúbas do Ceará para encontrarem no nosso Sergipe o seu lar. Agora eles e tornam, de fato, cidadãos sergipanos”.

Tadeu Cunha

Por sua vez o homenageado disse que que se sentia honrado pela homenagem dupla e que conheceram a deputada Ana Lula desde a sua gestão na Secretaria de Estado da Educação. “Ela (Ana Lula) teve uma atuação voltada para projetos e dinamização e para a valorização da Educação em Sergipe. Dentre as muitas funções que exerci e projetos que desenvolvi, tive a felicidade de propor a um grupo de professores a criação do Núcleo de Pós-graduação e pesquisa em Ciências Sociais e fui nomeado pelo Ministro da Educação conselheiro representante do MEC no Conselho Diretor da Fundação Universidade Federal de Sergipe”.

Conceição Rebouças

Já a outra homenageada, a professora Conceição Rebouças, destacou a quantidade de amigos que foram feitos em Sergipe. “Somos todos sergipanos, junto com nossos filhos e netos, e seguimos na construção de uma sociedade em que possamos zelar pela fraternidade e pelo respeito mútuo, almejando um futuro menos desigual para todos os sergipanos e sergipanas”, completou, agradecendo à deputada pela honraria.

 

Por Habacuque Villacorte – Rede Alese

 

2018-10-10T17:02:32+00:00 10 de outubro de 2018|Destaque, Notícias, Últimas Notícias|