Em Sessão Especial na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), na tarde desta segunda-feira, (19), a procuradora de justiça Maria Cristina da Gama e Silva Foz Mendonça recebeu o Título de Cidadã Sergipana. A autoria da homenagem é da ex-deputada estadual e atual Conselheira do Tribunal de Contas de Sergipe (TCE/SE), Suzana Azevedo, aprovada na Casa Legislativa em 26 de abril de 2007.

Governador Jackson Barreto e prefeito João Alves Filho participaram da sessão

Governador Jackson Barreto e prefeito João Alves Filho participaram da sessão

Na oportunidade, o governador Jackson Barreto (PMDB), destacou que a solenidade apenas ratificou o que já faz parte da consciência coletiva do povo sergipano.

“A procuradora Cristina Foz Mendonça é tão sergipana quanto nós que aqui nascemos; a sua sergipanidade é muito bem acentuada pela sua atuação no Ministério Público e pela lição de vida que ela passa para todos nós de integridade, de honradez, competência, qualificação e empoderamento da mulher, afinal de contas já foi chefe do Ministério Público.  Devemos a ela inclusive a nova sede do Ministério Público. Estou muito honrado de ter como sergipana, aquela que fez e faz a História de um Sergipe moderno”, destaca.

Solenidade prestigiada por familiares e amigos

Solenidade prestigiada por familiares e amigos

A homenageada ressaltou que apesar de ter nascido em São Paulo, já se sente sergipana. ”Eu já moro aqui há 37 anos, apesar de ainda ter um pouquinho de sotaque do Sul, mas já aderi muito aqui ao modo de vida das pessoas. Quando viajo para o Sul, tenho um certo estranhamento, não consigo ficar longe do mar. Tenho dois filhos sergipanos e uma paulista. Meu netinho também é sergipano”, enfatiza acrescentando que se sente sertaneja, olhando para o céu para ver se vai chover e gradecendo à autora do Título, Susana Azevedo.

 

O deputado estadual Gilson Andrade (PSC) fez a leitura do requerimento que concede o Título de Cidadã Sergipana, quando da gestão do presidente da Assembleia, deputado Ulisses Andrade. E o deputado Venâncio Fonseca (PP), fez a saudação à homenageada.

“Esse título de autoria da então deputada Susana Azevedo, hoje conselheira do Tribunal de Contas do Estado, foi aprovado por unanimidade. Ser cidadão é ter consciência dos direitos. O verdadeiro cidadão reivindica fazer parte da coletividade e a homenageada tem demonstrado responsabilidade e competência para com a sociedade sergipana. Jamais deixou de trabalhar pela dignidade humana e pelo bem comum”, ressalta o deputado Venâncio Fonseca.

Conheça a homenageada

Deputado Venâncio Fonseca durante a homenagem

Deputado Venâncio Fonseca durante a homenagem

Maria Cristina da Gama e Silva Foz Mendonça é natural de São Paulo, filha de João Gonçalves Foz Júnior e Maria da Conceição da Gama e Silva Foz. Cursou Direito na Faculdade Brás Cubas, em Mogi das Cruzes/SP em 1971, e no mesmo ano começou a trabalhar no Cartório de Registro de Imóveis, Protestos e Títulos e Documentos da mesma cidade, tornando-se escrevente habilitada.

Ingressou no Ministério Público de Sergipe em 10 de outubro de 1978, como Promotora Pública de Porto da Folha.

Promotora titular nas cidades de Tobias Barreto e Frei Paulo, até ser promovida para a comarca de Aracaju no ano de 1982. Integrou o Conselho do Meio Ambiente, representando o Ministério Público, por designação no ano de 1989. Também atuou na Curadoria de Proteção do Consumidor e do Meio Ambiente e Patrimônio Histórico.

Promotora Assessora do Coordenador-Geral do Ministério Público por dois anos. A partir do ano de 1991, atuou no Centro de Apoio Operacional do Ministério Público. Atuou junto à Turma Julgadora dos Juizados Especiais de Pequenas Causas, Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis de Aracaju, bem como na Turma Recursal dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais do Interior.

Promotora de Justiça do Núcleo de Defesa Comunitária do Centro de Apoio Operacional do Ministério Público e Promotora de Defesa do Consumidor da Comarca de Aracaju no ano de 1995.

Em 2000 tomou tosse para o cargo de Procuradora de Justiça. Como membro do Ministério Público de 2ª Instância, atuando sempre perante 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça, tendo sido Diretora do Centro de Apoio Operacional. No mesmo ano foi eleita membro do Conselho Superior do Ministério Público.

No ano de 2005, foi designada Diretora do Centro de Apoio Operacional e Coordenadora Geral do Ministério Público.

Em 30 de outubro de 2005, foi eleita a primeira mulher Procuradora Geral de Justiça do Estado de Sergipe. Em 2007, recebeu da Universidade do Sul de Santa Catarina o título de Especialista em Novo Direito Civil.

No ano de 2010 foi eleita Corregedora Geral do Ministério Público. Atualmente é Ouvidora do Ministério Público.

Mesa

Participaram da composição da Mesa, o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese), Garibalde Mendonça (PMDB); o governador Jackson Barreto (PMDB); o presidente do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE); desembargador Luiz Mendonça; o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM), o procurador federal Fábio Túlio Correia Ribeiro, presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT 20ª Região); o desembargador Osório de Araújo Ramos, presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/SE); o procurador geral em exercício do Ministério Público Estadual (MPE) Paulo Lima de Santana; o conselheiro Clóvis Barbosa de Melo, presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE) e o deputado Gilson Andrade.

Além dos deputados Garibalde Mendonça, Gilson Andrade e Venâncio Fonseca, estiveram presentes à Sessão Especial, os deputados Luciano Pimentel (PSC), Gustinho Ribeiro (PRP), Maria Mendonça (PP) e Conceição Vieira (PT).

Por Tíffany Tavares e Aldaci de Souza – Agência Alese de Notícias

Fotos: César de Oliveira – Agência Alese de Notícias